Um morador da cidade de Maine, nos Estados Unidos, identificado como Phelan MoonSong, que se autodenomina um pregador pagão, recebeu na Justiça, a permissão para ter em sua carteira de motorista uma foto em que ele aparece usando um par de chifres de Pan, considerado como um símbolo de sua religião Panteísta. A denominação panteísmo, deriva do grego ''Pan'', que faz referência a tudo e do ''theos'', que representa ''Deus'', que está presente em todo o Universo e cada elemento de sua natureza.

O panteísmo também pode ser visto como uma visão mais objetiva, que explica que o mundo possui uma alma. Na maioria das vezes, os seguidores panteístas desejam se conjugar à Divindade.

Publicidade
Publicidade

De acordo com a mitologia grega, Pan é descrito como um ser que usa chifres e pernas de bode, também é considerado o protetor das matas, dos rebanhos, dos pastores e das pastagens e vaga por vales e pelas montanhas onde caça com as ninfas. Amante da música, o deus Pan, sempre carrega consigo uma flauta.

Em entrevista para o site de notícias Wild Hunt, Phelan contou que, na última vez que ele tentou tirar a foto com os chifres, teve sua carteira de motorista negada por causa dos estranhos acessórios. Mas depois de entrar com uma ação judicial explicando os verdadeiros motivos para a utilização dos acessórios, conseguiu o direito de poder usar os chifres em todos as fotos de seus documentos.

O homem conta que foi para casa e escreveu uma breve alegação, explicando o porquê dele usar os chifres e como isso é importante para ele e sua religião.

Publicidade

Phelan disse que sente-se bem após usar os adornos como um pregador de Pan. Segundo ele, isso lhe ajuda a conquistar cada vez mais seguidores. Na ocasião, MoonSong pôde retirar sua nova carteira de habilitação no último dia (12), quando postou uma foto sua no Facebook para comemorar o fato inédito. ''Agora a transição está completa postou o homem''.

Atualmente, o panteísmo é considerado uma das religiões que está em vigor no ocidente e a que mais se identifica com o pensamento filosófico do oriente, como o budismo, o taoismo. Na maioria das vezes, o panteísmo não aborda a formação de alguns fenômenos considerados naturais, como a formação do Universo, e o princípio da criação da vida, provinda de uma Divindade Suprema. #Bizarro #entreternimento #Curiosidades