Muita gente não pode nem ouvir a palavra cobra que quer sair correndo. Isso pode ser explicado graças a filmes assustadores, como as sequências de 'Anaconda'. Além disso, a cobra na literatura sempre teve um aspecto ruim. No livro de Gênesis, da Bíblia, por exemplo, foi justamente uma #serpente que acabou com a paz no paraíso, fazendo Eva incentivar o seu companheiro Adão a comer o fruto proibido. Segundo o livro sagrado para o cristianismo, por desobedecerem Deus, eles foram expulsos do paraíso e constituíram a humanidade.

Apesar do medo que provocam, as cobras, assim como outros animais, têm uma importância grande para os humanos.

Publicidade
Publicidade

Elas são responsáveis por vários remédios e vacinas. Para sobreviverem, alguns desses animais precisam se alimentar de outros. Em laboratórios, por exemplo, costuma-se dar ratos para as serpentes comerem. Um homem, no entanto, escolheu um animal diferente para o "almoço" de sua cobra de estimação. Scott Kickham virou notícia graças ao jornal Daily Mail, que publicou um #Vídeo de como a cobra dele, de nome Sprinkles, tem uma alimentação "bastante balanceada".

Nas imagens, para muitos chocantes, Scott entrega um coelho para o seu bichinho devorar. Com uma mão, ele segura as patas do animal, que não tem muito o que fazer diante de uma situação dessas. Sem camisa, ele vê Sprinkles se enlaçar no corpo do coelho. Depois que ela já havia sufocado a presa, o rapaz volta a fechar o cativeiro de seu bichinho, que pôde enfim continuar sua refeição sem ser gravado.

Publicidade

Veja abaixo o vídeo que mostra a serpente com sua presa. O almoço da cobra acabou repercutindo em todo o mundo. Apesar de a situação ser comum na natureza, muitos criticaram a ação do homem sarado, que parecia estar satisfeito em ver tudo o que acontecia. Alertamos que as imagens podem ser consideradas fortes para algumas pessoas.

Na sua opinião, este homem deveria ter filmado este ato cotidiano de sua serpente e ainda ter exposto tudo na internet, através das redes sociais? Não esqueça de deixar o seu comentário.