A noite já estava terminando em Manchester quando um homem foi atacado em uma rua com um golpe de garrafa na cabeça. Mais de oito pessoas envolveram-se em uma pancadaria na frente de um club de stripers na Princess Street. A briga acabou com um um homem golpeado na cabeça por uma garrafa causando um ferimento no homem. A vítima passou mal enquanto entrava em um táxi e vomitou sangue depois de ser atacado por diversas pessoas.

O #Crime aconteceu em Manchester na famosa Princess Street as 04h30min da madrugada e foi testemunhado por diversas pessoas que passavam na rua. Uma multidão comemoravam o último dia de trabalho antes do natal conhecido como “Saturday Mad”.

Publicidade
Publicidade

Milhares de pessoas bebiam e se divertiam por todos os lados com a aproximação do natal e a cidade estava repleta de pessoas durante a noite. Mesmo ferido na cabeça e vomitando sangue, o homem recusou-se a procurar ajuda médica para seu ferimento e decidiu ir para a casa.

Homem agredido na cabeça recusou ajuda médica

O homem agredido estava na companhia de uma mulher que insistia para que ele procurasse ajuda médica. Os dois entraram em um táxi e tentaram ir embora sem procurar ajuda alguma para o ferimento na cabeça do homem. Porém o homem teve que abandonar o táxi para vomitar sangue após ser ferido na cabeça.

Imagens divulgadas na internet mostram o momento em que o homem é golpeado por um criminoso na Princess Street em Manchester. O agressor sai do meio da multidão e desfere um golpe contra a cabeça do homem que está no chão em luta corporal com outro indivíduo.

Publicidade

A confusão continuou por cerca de vinte minutos enquanto pessoas gritavam na rua e comemoravam o “Saturday Mad” em Manchester.

O paradeiro do homem ferido continua desconhecido pelas autoridades que tiveram acesso às imagens da agressão. Nenhuma notícia foi divulgada depois que o homem deixou o local dizendo ir para a casa junto com sua acompanhante. Em nenhum centro médico de Manchester foi registrada a entrada de um homem com ferimento na cabeça causado por uma garrafa.

#Casos de polícia