Roger e Maureen Freestone estavam em casa, quando um #Incêndio deflagrou a partir do salão. Como eram açambarcadores, eles tinham vários produtos infamáveis, acumulados em casa. E, de um acidente, o fogo rapidamente se propagou para um incêndio enorme. Roger, de 67 anos, teve tempo para fugir, quando se apercebeu que sua casa estava ficando em chamas. No entanto, o idoso, não quis que a morte o separasse de Maureen e, como a mulher não podia sair da cama, ele ficou do lado dela, enquanto que o incêndio os matou aos dois.

Mais do que uma enorme tragédia, esse caso que aconteceu em Cambridgeshire, na Inglaterra, está se tornando viral na Internet, como uma bonita história de #amor.

Publicidade
Publicidade

Por estes dias, Cambridgeshire tem um novo herói e as pessoas não estão poupando em elogios e homenagens para Roger Freestone, por seu ato altruísta, de não abandonar sua esposa, mesmo quando sabia que essa recusa em deixá-la lhe custaria a vida.

Maureen, de 65 anos, estava acamada e já era tarde demais para que fosse possível salvar essa mulher. Também Roger já não teria forças suficientes para levar sua esposa de dentro de casa, para um lugar seguro, uma vez que dois andares os estavam separando da segurança, somente no exterior da casa. Com tanto produto inflamável, as chamas rapidamente foram queimando tudo, pela casa fora.

Duas empregadas, que estavam tomando conta de Maureen, conseguiram fugir de dentro da casa, e se salvaram, uma situação que levou o legista David Heming a concluir que as mortes de Roger e Maureen foram "acidentais".

Publicidade

Heming conclui que Roger poderia ter escapado, com vida, mas percebendo que a esposa não conseguiria, ele preferiu voltar para trás, e ficar do lado dela.

O incêndio teria começado com uma caixa de papelão ardendo, ateada acidentalmente com gás. Roger tentou afastar a caixa e a jogou para o meio da sala, deflagrando rapidamente o incêndio, que os legistas acreditam ter sido um acidente. As causas de morte apuradas dos dois foram " intoxicação por monóxido de carbono e inalação de fumaça", de acordo com os resultados das autópsias.

Nas redes sociais, não param os comentários a esse caso, com muitos elogios para o amor desse homem, que se recusou em abandonar a esposa, mesmo que isso lhe tenha custado a vida. "Isso sim, é até que a morte os separe", "Respeito para todos os homens que não deixam suas mulheres para trás, para morrerem sozinhas. Vocês ficaram juntos, para sempre", "Isso é amor de verdade", "Triste mas adorável saber que eles ficaram juntos, amor verdadeiro", são alguns dos comentários mais elogiados em um caso trágico e comovente. #Idosos