Todo o final de ano, com a aproximação do Natal, o espírito natalino toma conta da maioria das cidades ao redor do mundo. Entre as tradições natalinas destacam-se a decoração de casas, jardins, prédios ou elementos estáticos como postes ou árvores que são decoradas com enfeites que representam o natal, como as luzes e o tradicional pinheiro.

No início da semana, os moradores da cidade de Brest, na França, receberam uma conotação diferente do normal, depois que duas mulheres usando trajes natalinos resolveram sensualizar o centro da cidade onde fizeram uma exibição de pole dance na frente de crianças que visitavam o local.

Publicidade
Publicidade

Muitos consideram a conotação como um ato de provocação sexual e o assunto acabou gerando muita polêmica pela cidade.

Segundo as informações do jornal ''The Sun'', as imagens das mulheres acabaram viralizando pelas redes sociais depois que um espectador registrou as imagens no Facebook. O caso acabou enfurecendo o país e os pais das crianças, que irritados diante da situação, resolveram procurar o prefeito da cidade para cobrar uma explicação sobre o assunto.

Na ocasião, o prefeito François Cuillandre havia informado que as duas mulheres agiram por conta própria, sem a autorização da prefeitura. ''Como explicar isso para os nossos filhos? Com as autoridades permitem uma coisa dessas? Esse não pode ser considerado como o verdadeiro espírito natalino!'', criticou uma internauta do Facebook.

Publicidade

Segundo informações, as duas dançarinas que vestiam pouca roupa foram retiradas de cena por policiais sobre aplausos daqueles espectadores que repudiaram a cena.

O caso também foi criticado pelas autoridades religiosas da cidade de Brest. Segundo o bispo da cidade, o espírito natalino deve ser considerado como um busca para nos dispormos ao encontro com Jesus Cristo e seu santo Evangelho, na qual devemos tornar a nossa existência em fonte de bondade e inteligência. ''O natal deve ser considerado como um engajamento na vida dos cristãos, que nos faz recordar e relembrar a existência de Deus'', concluiu o bispo. #entreternimento #espirito natalino #Curiosidades