Um menino de três anos estava fazendo compras com sua avó, no Arkansas, Estados Unidos da América, quando foi baleado mortalmente. De acordo com o relatório dos policiais, um #motorista teria ficado nervoso por uma alegada demora do carro onde o menino seguia com sua avó, e ficou buzinando. Como eles não teriam apressado sua marcha, o homem saiu do carro, pegou na arma e disparou contra a criança. O menino ainda foi levado para o hospital, mas sua morte acabou sendo confirmada um pouco depois.

Motorista enfurecido com espera

Alegadamente, o homem teria ficado enfurecido quando estava atrás do automóvel da avó. Seus destinos se cruzaram atrás de um sinal Pare, e para esse homem, a senhora não estaria se movimentando rápido suficiente e começou buzinando e vociferando algumas palavras mais enraivecidas.

Publicidade
Publicidade

Como a mulher não teria se movimentado mais rápido por causa de sua fúria, ele saiu do carro, um Chevrolet Impala preto, e começou disparando contra eles. Foram vários os tiros que ele atirou contra esse carro e, pelo menos um deles, acertou no menino, que seguia apenas com a avó, no automóvel da família.

Avó, horrorizada, ainda dirigiu para pedir ajuda

Devastada com o que acabava de acontecer, a avó do menino ainda se tentou recompor e dirigiu, tentando salvar a vida do neto. A mulher foi até ao shopping, de onde ligaram para os serviços de emergências. A avó, tal como a família, tem sua identidade protegida legalmente, uma vez que o caso decorreu neste sábado, dia 17, e sua investigação ainda está no início.

O menino foi então encaminhado para o hospital, mas sua morte seria declarada pouco depois.

Publicidade

Se confirmaram os piores prognósticos e a criança não conseguiu resistir ao ferimento.

Polícia procura suspeito

Em declarações para a imprensa local, o policial Steve McClanahan confirmou a investigação e todo o incidente. "Acreditamos que avó e neto estejam completamente inocentes e que não tenham relacionamento algum com o suspeito", contou para o jornal Arkansas online.

A investigação está já decorrendo e a polícia procura por um Chevrolet Impala velho e preto, que estava sendo dirigido por "um homem negro alto", que é o principal suspeito desse incidente chocante. #crianças #Crime