O assassinato da escritora Beki İkala Erikli, uma famosa parapsicóloga da Turquia, autora de diversos livros de autoajuda com temática sobrenatural, morta a tiros logo após publicar uma mensagem online sobre a importância do tempo, repercute na imprensa daquele país.

De acordo com informações da agência de notícias Doğan, e do jornal britânico Express, de segunda-feira (19), ela foi baleada ao entrar no elevador do escritório em que trabalha, chamado de “mundo de fantasia”, no distrito de Beyoglu, em Istambul, em dezembro (a data exata não consta).

A responsável pela tragédia, Sinem Koç, 31 anos, leitora assídua das obras de Beki, que chegou a ser consultada pela escritora, foi acusada de ter atirado contra a mulher.

Publicidade
Publicidade

A polícia prendeu a criminosa no sábado (17).

Beki İkala Erikli, que escreveu o livro Living with Angels (Vivendo com os Anjos), amplamente conhecido na Turquia, cujo conteúdo ensina a como se conectar com os seres celestiais, publicou o último pensamento nas redes sociais, antes de ser mortalmente ferida.

Na ocasião, como se antevesse o próprio fim, ela escreveu sobre a importância do tempo. “O tempo é o seu tesouro mais precioso que você não pode comprar. Quando o tempo acabar, você não pode mesmo comprar um minuto...".

Abaixo, veja mensagens deixadas pelos leitores, em homenagem à escritora.

#Crime motivado por questões ‘sobrenaturais’

Segundo relatórios da polícia, Sinem Koç admitiu o homicídio. A mulher disse que seu estado psicológico havia se deteriorado após ler os livros da escritora.

Publicidade

A assassina confidenciou ter visto o ‘diabo’, depois de ler algumas obras de Beki. Na percepção deturpada da mulher, a parapsicóloga era o próprio ‘tinhoso’.

Sinem revelou acreditar que sua atitude era benéfica, pois avaliou ter impedido que outras pessoas fossem afetadas como ela. "Cheguei a uma convicção de que ela era uma pessoa prejudicial para outras pessoas. Ela é um diabo. Eu decidi matá-la para que ela não pudesse prejudicar os outros”, falou em depoimento à polícia.

A transtornada assassina, ainda acrescentou ter começado a enxergar o "anjo das trevas e outras criaturas”, depois de participar de três seminários da escritora.

Ela também acentuou ter passado dois meses sem dormir, em decorrência dos demônios que começaram a assombrá-la; principalmente depois de ler as obras da parapsicóloga, em especial Living with Angels. "Seu livro Living with Angels foi muito atraente para mim, mas depois de ler, a minha vida estava arruinada”, confessou às autoridades.

Uma testemunha que estava no momento do crime e tentou socorrer a escritora, relatou ter visto Beki İkala Erikli desfalecida no elevador.

Publicidade

“Ela estava deitada no chão quando eu cheguei na cena. Eu não ouvi quaisquer tiros. Chamamos ambulâncias. Estou em estado de choque. Vi três buracos de bala em seu corpo. Ela era uma pessoa muito boa", comentou.

Antes de ser encaminhada à prisão, a criminosa será submetida a exames psiquiátricos. Tudo indica que ela passará um bom tempo internada num manicômio.

Abaixo, veja o vídeo da prisão de Sinem Koç.

#Mídia #Curiosidades