Foram divulgadas nesta terça-feira (20), novas imagens que flagram os instantes anteriores do assassinato do embaixador russo na Turquia, ocorrido nesta segunda-feira (19).

Neste novo vídeo, é possível ver toda a movimentação do policial turco antes do #Crime ser consumado. O homem de terno escuro e aparência jovem fica à espreita até escolher o momento de fazer os vários disparos.

Antes, mexe no paletó algumas vezes e se desloca do lado direito de quem vê o vídeo para o lado esquerdo, como que selecionando o melhor local para a pontaria ser certeira.

Uma mulher ao seu lado mexe no celular sem ter a mínima noção do que está prestes a acontecer.

Publicidade
Publicidade

O vídeo tem ao todo um minuto e quarenta e sete segundos, mas só nos cinco segundos finais o assassino aparece sacando rapidamente a arma para abater o alvo.

Pelo menos nove tiros podem ser ouvidos enquanto a câmera registra os fatos. Andrey Karlo chegou a ser transferido para um hospital, mas acabou morrendo.

O ataque chocou a comunidade internacional. Tudo aconteceu na capital da Turquia, Ancara, durante um discurso do embaixador em uma exposição de fotos.

As imagens são impressionantes e mostram o pânico que se formou depois que os tiros foram deflagrados. Havia muitos jornalistas e fotógrafos no local.

Este novo vídeo não mostra, mas o atirador, que é policial e atuava na corporação de choque turca, gritou ‘Allahu Akbar’, que quer dizer ‘Alá é grande’.

Ele tinha 22 anos e foi morto por forças de segurança presentes no local.

Publicidade

O terrorista teria sido movido em defesa da Síria e contra os russos, que apoiam o regime do ditador sírio Bashar al-Assad.

O fotógrafo da agência de notícias Associeted Press (AP), Burhan Ozbilici, fez várias imagens do atirador antes e depois do crime. Ele contou à imprensa internacional que no início pensou que tudo não passava de uma encenação.

Burhan Ozbilici tinha entrado no evento apenas para fazer alguns registros para possíveis matérias sobre eventos diplomáticos entre os dois países e saiu de lá com a foto mais impactante do ano.

Vídeo:

#Casos de polícia