Um novo #Acidente com avião deixou a Colômbia em estado de alerta. A aeronave do Centro de Formação Aeronáutica Protecnica caiu no rio Magdalena, próximo ao município de Soledade, na manhã desta segunda-feira (05). Os colombianos nem conseguiam acreditar que mais uma #Tragédia acometia o país, poucos dias depois do #avião que levava a delegação da Chapecoense para jogar contra o Atlético, cair.

Esse novo acidente aéreo na Colômbia deixou as autoridades preocupadas. A avião pertence à empresa Madeflex e somente o piloto estava a bordo, um jovem de 19 anos, que se chama José Manuel Montenegro. Felizmente, o piloto se salvou, mas a queda de uma outra aeronave deixa a todos colombianos bastante preocupados.

Publicidade
Publicidade

O avião ficou quase todo imerso no rio e o piloto sofreu um traumatismo craniano, porém, foi leve e ele deverá ter uma rápida recuperação, mas será preciso passar por uma série de exames e ficar os próximos dias em observação, pois José Manuel teve uma leve lesão na coluna, além de ter machucado a perna direita e o tornozelo. O rapaz está consciente e seu quadro é estável.

Como estava consciente, o médico conversou com o piloto a respeito do acidente e ele contou que houve uma pane no motor da aeronave e nessa hora sua maior preocupação foi impedir que o avião caísse em uma via pública e matasse muitas pessoas, causando uma grande tragédia. Foi então que ele avistou o rio e não teve dúvidas, fez com que o avião fosse planando até cair na água.

A aeronave é um modelo Piper PA28 e sua matrícula é HK-4664G.

Publicidade

O avião decolou às 8h17 e pouco minutos depois houve a pane no motor, pois o horário do acidente foi registrado com o tendo ocorrido às 8h30.

Algumas pessoas que estavam próximas ao local viram o momento em que o avião caiu no rio e foram para lá correndo, para ajudar de alguma forma.

Há poucos dias os colombianos ajudaram no resgate dos brasileiros que estavam no avião que caiu em uma região de difícil acesso e agora, ao receberem a notícia da queda de um outro avião, ficaram assustados e temerosos de que nos próximos dias, acidentes desta natureza voltem a acontecer.