O Papai Noel, esse ano, fez uma visita antecipada ao engenheiro inglês, Jay Clark, sua namorada Caroline Donoghue e ao pequeno Maxie, de apenas dez meses, filho do casal. Jay, de 41 anos, diagnosticado com câncer de pâncreas em outubro do ano passado, estava muito preocupado porque corria o risco de não passar o Natal com o seu filho esse ano. O engenheiro também queria casar com a sua namorada antes de partir desse mundo. Com a ajuda dos bombeiros, o jornal Sunday Mirror enviou os presentes de Natal de 2016 mais cedo para a casa da família em Pevensey, East Sussex.

Jay e Carolyne, de 37 anos, já tinham perdido as esperanças de ter um bebê depois de gastar 21 mil libras esterlinas em tratamentos de fertilização.

Publicidade
Publicidade

Para alegria do casal, o pequeno Maxie nasceu em 9 de janeiro desse ano, apenas algumas semanas depois que o câncer de seu pai tinha sido diagnosticado.

O pedido de casamento foi feito em um restaurante às margens do rio Tâmisa, em Londres. O engenheiro estava já bastante fraco e foi levado por amigos até a capital. A noiva, que não sabia de nada, caiu em lágrimas quando soube da proposta de casamento. Para Jay, foi um momento muito especial, pois até 6 semanas antes ele não sabia se estaria de pé para realizar o pedido.

Um dia muito especial

Quando Jay descobriu que estava com câncer no pâncreas, os médicos disseram que era inoperável, pois estava se desenvolvendo em uma artéria, Foi então que começou a quimioterapia até parar com o tratamento em setembro para poder ter uma melhor qualidade de vida e desfrutar dos últimos momentos com seu filho, ,já que o câncer tinha se espalhado irremediavelmente.

Publicidade

Depois que os bombeiros voluntários ajudaram a família a comemorar o Natal mais cedo, Jay escreveu no Facebook que a família teve um dia muito especial.

Jay, cuja mãe morreu tristemente de câncer em abril desse ano, escreveu na rede social que decidiu parar a quimioterapia paliativa. O engenheiro afirmou que não desistiu da luta, mas que está consultando especialistas para tratamentos alternativos. Afirmou que ainda há esperança e que milagres acontecem.

O corajoso pai disse que um de seus principais objetivos foi alertar para o câncer de pâncreas, que é também conhecido como o inimigo silencioso. Esse não é um câncer comum e não há um teste único para o identificar. Os sintomas podem incluir dor ou desconforto em torno da área do estômago, que pode se espalhar para as costas, perda de peso, icterícia, perda de apetite, náuseas, vômito e diabetes, especialmente se diagnosticada nos últimos 2 anos. #PapaiNoel #Natal2016