Os passageiros de voo 1892 foram surpreendidos pela atitude de uma passageira, que decidiu abrir a porta de emergência e pular para fora do avião, enquanto a aeronave estava taxiando na pista do aeroporto Intercontinental George Bush, em Houston nos Estados Unidos. O incidente foi registrado na última segunda-feira (28).

Uma testemunha, identificada como Hampton Friedman, contou para a imprensa local ter presenciado o momento exato em que a porta foi aberta pela mulher, e logo em seguida ela se atirou para fora do avião. Cathy Cole, outra testemunha que estava sentada uma fileira atrás da passageira, contou que, no momento do incidente, a mulher não disse uma palavra - apenas abriu a porta e se jogou para fora da aeronave.

Publicidade
Publicidade

Após sobreviver à queda, a passageira sofreu pequenas escoriações. Ela ainda tentou fugir da polícia ao correr em direção ao terminal do aeroporto, mas minutos mais tarde acabou detida por agentes do FBI. Após prestar esclarecimentos, a passageira que não teve o nome revelado foi liberada.

Um caso semelhante a este foi registrado na China, em abril, quando um passageiro resolveu abrir a porta de emergência no voo da Hainan Airlines, no momento em que a aeronave se preparava para decolar. Em seu depoimento à polícia, o passageiro identificado apenas como Hu, explicou que nunca tinha voado de avião na vida Por conta disso, pensou que ninguém notaria se ele abrisse uma pequena janela, enquanto aguardava no avião.

Na época do incidente, o voo estava programado para decolar de Hangzhou, com destino a Shenyang, na China.

Publicidade

O passageiro também contou que minutos antes da decolagem chegou a trocar de lugar com um vizinho de banco, depois de alegar que estava passando mal. Minutos antes do incidente, uma comissária de bordo havia dito para que os passageiros não tocassem em nada devido aos procedimentos de segurança.

Após ignorar os conselhos da comissária, Hu teria mexido em uma alavanca e a porta desprendeu-se por inteiro da fuselagem do avião. De acordo com especialistas em aviação, durante o acidente, o homem poderia ter caído para fora da aeronave, caso não estivesse usando cinto. Após o ocorrido, Hu foi preso por sete dias, ele também foi multado em 500 Yuan (£ 50). Devido ao incidente, o voo teve que passar por reparos, onde os passageiros tiveram que aguardar mais 45 minutos antes da decolagem. #Entretenimento #Curiosidades #Donald Trump