Uma modelo alemã escapou por pouco de um encontro mortal com tubarão de tigre. O mais inusitado é que a moça nem se deu conta do perigo que correu e foi fotografada no mar da Flórida, nos Estados Unidos, a poucos metros de distância do animal.

De costas para o tubarão, Simone Gutsche estava saindo do mar quando aconteceu o flagrante. No momento em que a morte a rondava, a jovem estava acenando para as pessoas na areia como que correspondendo a cumprimentos. Ela não entendeu que os banhistas estavam agitando os braços para tentar avisá-la do enorme tubarão que nadava atrás dela.

A foto é angustiante e foi compartilhada milhares de vezes, não só na mídia alemã como nas redes sociais de vários países.

Publicidade
Publicidade

Na imagem é possível ver o animal de grande porte, com sua barbatana saindo da água logo atrás da modelo.

Simone contou depois aos jornais que estava desfrutando da praia de Cocoa Beach, em Cabo Canaveral. Era um dia de sol em um feriado na Flórida programado para ser relaxante. Ela contou que jamais imaginou que algo do tipo pudesse acontecer.

A jovem, que além de ser modelo atua como secretária, disse que apenas teve vontade de tomar um singelo banho de mar: “Não havia ninguém na água, não havia muitas pessoas ao redor. Eu achei o vazio bonito e resolvi entrar no mar".

Contou que também não desconfiou e nem ficou preocupada quando as pessoas começaram a correr na praia e acrescentou: “Um casal acenou para mim cheio de excitação. Por amizade, acenei de volta”.

Só depois de alguns minutos ela percebeu que algo estava esquisito na areia e quis entender o motivo da gritaria.

Publicidade

Só então as pessoas na praia explicaram a histeria coletiva. A situação lhe pareceu tão surreal que nem assim Simone acreditou, achando que talvez estivessem lhe pregando uma peça. Ela só acreditou quando alguém lhe mostrou a foto onde o tubarão aparece ameaçador logo atrás dela. “Aí fiquei tão apavorada que eu não voltei para o mar novamente por dias!"

A história foi publicada primeiramente pelo periódico alemão ‘Bild’. Segundo a publicação, o animal era um tubarão-tigre, cuja espécie é bastante comum naquela região. #Crime #Casos de polícia