O policial Daniel Moss, de Sussex, na Inglaterra está enfrentando um processo na polícia. Tudo por causa de um esquema em que ele e sua esposa ganham dinheiro, fazendo trios sexuais. O casal está oferecendo esse tipo de serviço em um site da especialidade, e cobrariam um valor a rondar os 250 euros por hora. Uma gravação parece incriminar o policial, que estaria fazendo isso, durante uma licença médica, que já estava durando há mais de três meses, depois de ele se ter apresentado com problemas de estresse.

O homem não estava trabalhando na polícia de Sussex, alegando cansaço psicológico e estresse. Porém, estava envolvido em jogos e fantasias sexuais, para ganhar um dinheiro extra.

Publicidade
Publicidade

O esquema foi desmantelado em uma reportagem do jornal The Sun, onde uma gravação teria incriminado o policial. Em uma investigação do jornal, um jornalista agendou um 'encontro' nesse site e foi ter a um apartamento, em Hastings, no Sussex. Durante esse encontro, ele gravou tudo, incluindo o momento em que o policial fala que ele tanto pode ficar só vendo, como pode entrar em cena, quando desejar. "Não sinta pressão para fazer o que quer que seja", disse Moss para o 'cliente'.

Daniel Moss não terá problema com a justiça, por causa de isso, uma vez que esse tipo de atividade sexual é legal na Inglaterra. A venda de #sexo, em local privado, não é ilegal, e teria sido isso o que aconteceu. Bem diferente será sua situação na polícia, uma vez que esse tipo de atividade "diminui a confiança entre a polícia e o público", de acordo com o código policial. Esse tipo de prostituição não cai bem a uma força policial, em um caso que já trouxe bem mais polêmica do que a autoridade policial local poderia desejar.

Publicidade

Ainda para mais, Daniel Moss estava de licença e fazendo isso. Alegou não poder trabalhar, por estresse, mas parecia bem mais animado, quando foi escutado na investigação do jornal, durante seu negócio extra. No perfil que criaram nesse site, o casal se assume como 'swingers' e que pensaram "porque não fazemos alguma coisa que gostamos como emprego?", assumindo a sua ideia de ganharem dinheiro com o sexo.

A polícia de Sussex já confirmou a investigação e que, para já, o policial Moss está suspenso de suas atividades na polícia. #Casos de polícia