Um homem que dirigiu seu carro centenas de metros através do aeroporto internacional de Tartaristão, em Kazan, na Rússia, acabou condenado a quinze dias de detenção administrativa. Um Tribunal distrital decidiu nesta sexta-feira, 23, que o homem de quarenta anos - cujo nome não foi liberado - será detido e posteriormente julgado por violar as regras de trânsito, o perigo e o tráfico de drogas. A polícia disse que o suspeito estava sob a influência de drogas durante o ataque ao aeroporto. A ação aconteceu no final do dia 21. O homem, além de ter bebido muito, estava na posse de 3,9 gramas de maconha.

Caso repercutiu no Brasil devido a argumento de motorista: 'foi por amor'

O caso acabou ganhando repercussão no Brasil graças ao site G1.

Publicidade
Publicidade

De acordo com o portal da Globo, o motorista disse que fez tudo por amor, pois queria impedir que uma amiga fosse embora "para sempre". O motorista estava sendo perseguido por um carro da polícia no estacionamento do aeroporto, quando ele bateu através de uma janela de vidro que dava acesso ao terminal do aeroporto. Vários policiais e funcionários do aeroporto, em seguida, saíram correndo atrás do homem apaixonado. Um vídeo que mostra a cena e tem mais de cinco minutos exibe a equipe repetidamente tentando parar o carro. O problema é que o veículo não parava e fez seu caminho através do aeroporto, esquivando-se de passageiros aéreos e trabalhadores, que por sorte não se feriram.

Valores referentes aos danos são bastante altos

O carro passou finalmente através de uma janela de volta para o estacionamento do aeroporto, onde acabou parando.

Publicidade

O pessoal da segurança apreendeu o motorista. Funcionários disseram que cerca de 6 milhões de rublos, que equivalem a mais de R$ 320 mil, foi o valor do prejuízo causado pelo russo desesperado. Funcionários disseram que o suspeito é um residente de Naberezhnye Chelny, uma cidade industrial a cerca de 225 quilômetros de Kazan, capital da região russa.

Veja abaixo o vídeo que mostra o homem tomando a decisão de invadir o aeroporto em novo do seu amor:

#Crime