Há um debate acontecendo em diversos países do mundo: os governos locais devem ou não aceitar os #refugiados muçulmanos? O Brasil também está inserido nesta discussão.

A hashtag “eu aceito #Refugiados” esteve nos trending topics do Twitter, nesta quinta-feira (29). Entre os comentários, porém, havia mais pessoas se declarando contra a vinda dos imigrantes do que a favor.

Neste ano, 7.200 refugiados morreram ou desapareceram tentando atravessar o mar Mediterrâneo – que banha Europa, África e Ásia. Entre os mortos estão crianças, mulheres e homens.

O número de pessoas que tenta chegar à Europa atravessando o Mediterrâneo é assustador: cerca de 360 mil só neste ano.

Publicidade
Publicidade

É como se toda a população de Vitória, capital do Espírito Santo, deixasse a cidade em direção a outro local.

A #Crise migratória é algo grave e que tem chamado a atenção de todo o mundo, inclusive da Organização das Nações Unidas (ONU) que, em 2015, pediu à Europa que colocasse as “vidas humanas, direitos e dignidade” em primeiro lugar.

Twitter

Confira quem é contra a vinda de refugiados.

1 – A síndrome de Estocolmo acomete pessoas que são sequestradas. As vítimas tentam se identificar ou conquistar a simpatia dos sequestradores.

2 – Este usuário lamenta o que está acontecendo no Oriente Médio, mas é contra a vinda dos imigrantes muçulmanos para o Brasil.

Publicidade

3 – Em outubro, um homem sírio foi preso em Leipzig, após ser amarrado por conterrâneos. Ele havia comprado explosivos e, de acordo com a polícia local, queria explodir um aeroporto em Berlim.

4 – Em 2008, havia 32 mil brasileiros morando na rua, de acordo com o censo feito pelo IBGE à época.

5 – É uma situação complicada. Nem todo refugiado é terrorista, mas como filtrar os terroristas de um grupo com milhares de pessoas?

Confira as opiniões de quem é a favor da vinda dos refugiados.

1 – Esta usuária tem um motivo familiar para aceitar refugiados.

Publicidade

2 – Os números de mortes são assustadores, mas ainda menores que os da violência no Brasil. Foram sete mil refugiados só neste ano. Em 2014, no Brasil, 58,5 mil pessoas morreram assassinadas no Brasil.

3 – Onde come um comem 12 milhões.

4 – Quem é contra a vinda dos refugiados responde aí...

5 – A situação não é fácil para nenhum dos lados.