Um supervulcão na costa da Itália a oeste da cidade de Napóles ameaça a vida de 500 mil pessoas que vivem ao seu redor. Depois de um sono de 500 anos, o #supervulcão poderá entrar em erupção segundo pesquisadores. Devido a deformação no solo que aponta a possível erupção a #Itália está em alerta.

O lugar é conhecido como Campos Flégreos, ou Campi Flegrei em italiano, essa formação vulcânica tem 12 Km de largura, possuindo 24 crateras e grandes edifícios vulcânicos, grande parte esta localizada sob o Mar Mediterrâneo. Está formação surgiu a 39 mil anos, na maior erupção já registrada na Europa, desde sua formação registra apenas duas grandes erupções, uma há 35 mil anos e outra há 12 mil anos.

Publicidade
Publicidade

Sua última erupção ocorreu no ano de 1538, que foi considerada uma pequena erupção se comparada as que já ocorreram. Que durou oito dias e eliminou muito material na sua área circundante, formando o Monte Nuovo.

Segundo estudos do ano de 2010, o supervulcão entrou em erupção colocando pra fora 3,7 trilhões de litros de rocha derretida na superfície, e isto teria causado um “inverno vulcânico”. Como consequência os neandertais foram levados a extinção por esta erupção. Mas o desaparecimento dos neandertais ainda é um mistério para a ciência que aponta que está erupção não pode ser considerada como a razão para a sua extinção.

Formação do supervulcão

De acordo com os pesquisadores, o vulcão está se aproximando de um ponto crítico de pressão que poderá levar a uma erupção. Os supervulcões são extensos campos de atividade vulcanina, eles se formam a partir do momento que o vulcão expulsa muito magma do seu centro.

Publicidade

Então ele desmorona sobre si, deixando uma vasta cratera e uma paisagem com atividade hidrotérmica e ácido sulfúrico.

Em entrevista para o “The Washington Post”, o pesquisador Chiodini revelou que alguns vulcões apresentaram o mesmo comportamento do supervulcão, a deformação no solo antes da erupção. No entanto, diz que é impossível prever quando acontecerá a erupção, mas a Itália já está em alerta para a possível erupção. #camposflegreos