O universo sobrenatural chama a atenção e desperta o interesse de muita gente. Não é difícil achar por aí, especialmente na internet, histórias que se relacionam à coisas que a ciência ainda não conseguiu explicar muito bem. Nesse fim de semana, por exemplo, o tabloide inglês Daily Mirror divulgou imagens para lá de assustadoras. Elas acabaram repercutindo em todo o mundo e para muitos a sequência é capaz de provar uma coisa, fantasmas não só existem, como também já foram filmados. O #Vídeo mostra uma mulher sozinha em um ambiente bastante espaçoso, que parece um refeitório.

Ela está distraída, quando o que seriam supostos fantasmas a atacam.

Publicidade
Publicidade

O episódio aconteceu na Malásia - país do Sudoeste asiático, segundo informações do jornal britânico Daily Mirror - e está gerando muitas dúvidas sobre a sua veracidade. Apesar do tabloide inglês divulgar o conteúdo agora, descobrimos um vídeo idêntico, publicado no Youtube no ano passado. Ele tem mais de 200 mil visualizações e exibe o mesmo ataque à pobre mulher, que pode ter sido a primeira vítima com provas de um fenômeno sobrenatural.

Câmera de segurança flagra tudo

Uma câmera do refeitório, do que seria um hotel, flagra tudo. A mulher, de aparentemente quarenta anos, e que não teve o nome identificado, está bem ligada em seu telefone celular, até que o suposto primeiro #Fantasma a ataca. Ao parar o vídeo em determinados trechos, é possível até ver o que seria o espectro da alma penada.

Publicidade

Há quem diga que o vídeo é uma mentira. Quem pensa assim, alega que o material foi editado e que é fácil descobrir isso.

A situação dura poucos segundos (cerca de quinze), o suficiente para qualquer um ficar com medo. A gravação termina com a mulher sendo jogada no chão. Ela fica desacordada e o vídeo termina.

Imagens que dão medo em muitos

Veja abaixo a sequência do que seriam fantasmas atacando uma senhora em um hotel. Na sua opinião, essa gravação é real, ou não passa de mais uma pegadinha da internet? Deixe o seu comentário. A sua opinião é muito importante para nós.