Segure as lágrimas, pois será impossível não se comover com o vídeo de um cachorro de estimação se despedindo do dono, que está prestes a deixar este mundo.

Na maioria das vezes, a morte chega sem bater à porta, feito um psicopata sedento por sangue, que na primeira oportunidade sacia sua vontade ao visualizar a primeira pessoa à frente.

Dessa vez, ‘ela’ soprou nos ouvidos de Ryan Jessen, da Califórnia (EUA), que ao sentir desconforto físico, pensou estar com uma simples enxaqueca.

No entanto, ao chegar no hospital, morreu em pouco tempo ao descobrir que tinha uma hemorragia cerebral ventricular.

Segundo informações do jornal britânico Daily Mail, de sexta-feira (9), quando a família de Ryan se reuniu no hospital para dar o último adeus, em 30 de novembro, teve permissão da equipe médica para trazer a inseparável amiga do sujeito: uma cadela da raça Boxer chamada Mollie.

Publicidade
Publicidade

Desde o instante em que a irmã do rapaz, Michelle Jessen, filmou a cadela junto ao dono, no momento derradeiro, e divulgou o vídeo no Facebook, rapidamente pessoas de todo o mundo assistiram a dramática despedida.

Nesse momento, a comovente cena já soma mais de 12 milhões de visualizações.

Na gravação, Mollie cheira o dono, como se quisesse despertá-lo para brincar. Embora a cachorra não tenha capacidade de saber o que se passa, ela parece notar que existe algo de estranho naquela situação. “Ele realmente amava o seu cão doce”, fala Michelle.

No Facebook, a garota, ainda muito abalada, diz que a inesperada morte do irmão pode ter ligação com o uso frequente de energéticos.

De acordo com ela, médicos conjecturam que a elevada pressão arterial pode ter relação com a constante ingestão desse tipo de bebida.

Publicidade

“Eles acham que foi trazida por pressão arterial elevada, e há especulações de que o seu consumo frequente de bebidas energéticas pode ter contribuído”, comenta.

Apesar de sentir conforto nos milhões de recados enviados a ela por pessoas de todo o mundo, a garota avisa que devido a comoção familiar, resultante do óbito do irmão, deixará de responder os recados.

“Obrigado a todos pela manifestação de apoio, mas eu não vou estar respondendo mais. Estamos sinceramente comovidos e sensibilizados por outras histórias, seu compartilhamento na nossa tristeza e o carinho de tantas pessoas. Não se preocupem com o cão! Vamos ficar com ela!!! Ela é parte da família”, finaliza.

O coração de Ryan Jessen foi doado a um garoto de 17 anos, que faz aniversário no Natal.

Esse tipo de situação nos mostra o quão efêmero é a existência. Portanto, reclame menos e aproveite mais. Afinal, a ‘Vida é Bela’.

#Curiosidades #Viral #EUA