Nesta segunda-feira, 19, uma notícia envolvendo um possível ataque terrorista ganhou a atenção de todo o mundo. O embaixador da Russia na Turquia, Andrei Karlov, realizava um discurso durante a inauguração de uma exposição de arte, quando levou um tiro certeiro pelas costas. Ele acabou falecendo antes mesmo de chegar ao local. No Brasil, o caso ganhou repercussão graças ao trabalho do site da revista Veja, que disponibilizou um vídeo que mostra o momento exato do ataque de um homem ao diplomata. O vídeo pode ser visto ao final dessa reportagem. O nome do atirador não foi revelado. Ele não teve a identidade descoberta até o fechamento desta reportagem.

Publicidade
Publicidade

O embaixador morto tinha 62 anos e estava há três anos à frente dos trabalhos da embaixada russa em Ancara, capital da Turquia. Foi justamente na capital que ocorreu o seu assassinato. Muitos jornalistas estavam no local no momento dos tiros. Por isso, fotos e vídeos rapidamente começaram a ganhar as redes sociais e os sites noticiosos. O homem entrou no prédio vestindo terno e dizendo que era um policial. Ninguém teria pedido distintivo para ele. Durante a fala do embaixador, ele ficou em um canto, acompanhando tudo sereno.

No entanto, depois de alguns minutos de discurso, o homem decidiu atirar, o que provocou pânico em quem estava naquele local. Crianças acompanhavam a abertura da exposição, que traz fotografias de turcos mostrando a cultura da Rússia. As imagens foram registradas na própria Turquia, em regiões com imigrantes, mas também com fotógrafos que visitaram o país vizinho.

Publicidade

A morte do embaixador ocorre um dia antes dos dois países realizarem um encontro político. Não se sabe se isso tem alguma relação com o #Crime.

Após atirar do embaixador, o atirador grita que Alá é grande e reclama do que está acontecendo em Aleppo, cidade da Síria vítima de uma guerra. As informações sobre o que aconteceu com o atirador ainda são muito desencontradas.

Veja abaixo o momento exato em que o embaixador levou um tiro do suposto terrorista:

#Terrorismo