O #Vídeo já conta com mais de onze milhões de visualizações no Facebook, e mostra todo o amor de Mollie, pelo dono, que estava morrendo. O hospital autorizou que a cachorra, de raça boxer, pudesse se despedir do dono, Ryan Jessen, de 33 anos. O homem da California foi no hospital, com suspeita de enxaqueca, mas seu caso acabou se revelando bem mais sério, e Ryan morreu com uma hemorragia cerebral. A irmã de Ryan, Michelle, compartilhou o vídeo que mostra a despedida de Mollie a Ryan e o momento viralizou na Internet.

Imagens emocionantes essas que marcam a partida de Ryan. Com o dono internado durante quase um mês, Mollie chorava com sua ausência.

Publicidade
Publicidade

Por isso, Michelle Jessen pensou que a cachorra precisava entender porque o dono não voltaria mais para casa. Pediu no hospital para que eles deixassem a boxer entrar e o vídeo que registrou esses instantes é arrepiante. A cachorra começou lambendo o dono, entubado e em coma, e não parava de o cheirar, enquanto que os pais de Ryan pediam para que ela se despedisse. No vídeo, se nota que Mollie está tremendo, com a emoção de estar perto do dono, novamente.

O momento é de quebrar o coração e rapidamente viralizou na Internet. A postagem no Facebook de Michelle tem mais de onze milhões de visualizações, 100 mil compartilhamentos, 184 mil reações e 32 mil comentários.

Pouco depois de esse momento ficar registrado, as máquinas de Ryan foram desligadas, mas antes disso, seu coração foi para doação de órgãos, e seria para salvar a vida de um jovem de 17 anos, de acordo com Michelle, o que de alguma forma, acabou servindo de consolo para a família Jessen, depois de perderem Ryan dessa forma trágica.

Publicidade

Aos 33 anos, Ryan não conseguiu se recuperar da hemorragia cerebral, que também de acordo com as declarações da irmã, poderia ter sido provocada pelo consumo excessivo de bebidas energéticas. No entanto, não existe ainda confirmação da parte clínica.

Sobre a cachorra Mollie, que perdeu seu dono, mas não perdeu sua "família". Michelle contou que eles vão ficar com ela, e que Mollie apenas tinha que mudar de casa, mas continuaria na família. Mais tarde, a mãe de Ryan postou uma imagem de Mollie, deitada no sofá, com ar triste e deprimido, com a mulher comentando que ela sente muito a falta de Ryan, como todos eles.

Assista ao vídeo:

#Cachorro #Animais