Um vídeo que circula nas redes sociais, desde a última segunda-feira (26), está provocando reações indignadas dos defensores dos animais. As imagens foram gravadas na Rússia e mostram caminhões passando por cima de um urso várias vezes.

A região onde o fato ocorreu é chamada de tundra siberiana, habitat natural da espécie.

A polícia russa anunciou nesta terça-feira (27) que não poupará esforços para encontrar os responsáveis pelo #Crime ambiental. Uma investigação foi iniciada para chegar até a postagem original do material.

As cenas, captadas por um passageiro de um dos caminhões, expõem os dois veículos perseguindo o urso.

Publicidade
Publicidade

Ferido, o animal se desloca com dificuldade na neve. As imagens são fortes e o YouTube retirou o vídeo de suas páginas por entender que ele viola a política da empresa contra conteúdos violentos ou explícitos.

Em determinado momento, um dos passageiros ordena que esmaguem o animal. Ele não contém sua satisfação ao ver o veículo alcançando o bicho.

Após seguidos atropelamentos, os suspeitos constatam que o urso continua vivo. Como se não bastasse tudo o que fizeram, eles desembarcam e caminham até o animal, que está preso embaixo do caminhão para agredi-lo com uma barra de metal.

A polícia já sabe que os caminhões são semelhantes aos usados por companhias mineiras ou petroleiras. Os veículos são especiais para trafegar em áreas inóspitas.

Outra informação que já está clara é que os envolvidos são da cidade de Yakutia.

Publicidade

Serguei Donskoi, o ministro russo do Meio Ambiente disse que farão o possível para que os suspeitos recebam a punição mais grave, incluindo penas de reclusão. A declaração foi feita por meio de uma postagem no Facebook

Esta não é a primeira vez que cenas de violência contra ursos que não encontram um refúgio para hibernar são flagradas. Alguns moradores dizem que nessas condições os animais podem se tornar perigosos e um risco à população. Inclusive, as autoridades costumam abatê-los quando se aproximam de municípios.

Em 2015, um outro vídeo registrou um grupo de trabalhadores lançando um petardo (explosivos) em um urso no Ártico. Na época as imagens também geraram revolta.

#Investigação Criminal