Nos últimos dias, um incêndio em um depósito na cidade de Oakland, nos #Estados Unidos, deixou 36 mortos. A tragédia repercutiu em todo o mundo. Aqui no Brasil, o noticiário acabou dando menos destaque a esse triste fato, já que tratávamos de um caso ainda mais impressionante, a queda do avião que levava o time da Chapecoense até Medellín, na Colômbia, onde aconteceria a final da Copa Sul-Americana.

As autoridades ainda investigam o que aconteceu nos Estados Unidos, mas já acredita-se que o local possa não ter seguido normas de segurança, fazendo muitas vítimas fatais. Antes da morte, no entanto, uma das vítimas enviou mensagens para a mãe.

Publicidade
Publicidade

A informação foi dada pelo xerife da região, Greg Ahern.

O incêndio aconteceu em um momento em que os jovens se divertiam muito. Eles estavam em uma festa eletrônica. “Mamãe, estou morrendo”, escreveu a vítima (não identificada) antes de realmente padecer. O xerife disse que conversou pessoalmente com muitas famílias. De acordo com ele, muitos relatos comoventes puderam ser apurados com os parentes dos mortos. Ele disse que tais histórias, sem dúvida, jamais seriam esquecidas por ele, já que são muito viscerais.

“Estas coisas possivelmente ficarão conosco pelo resto de nossas vidas", desabafou, dizendo em seguida que deve ser muito difícil receber um relato como esse e não poder fazer nada.

A maioria dos mortos tinha entre 20 e 35 anos. Apesar da pouca idade e da vivacidade que essa faixa etária proporciona, os jovens não foram capazes de escapar.

Publicidade

Acredita-se que o principal motivo que fez isso acontecer foram as barras de metal colocadas nas janelas do depósito, no qual a festa eletrônica acontecia. Ainda não se sabe como o fogo teria começado.

A investigação sobre esse pedaço da #Tragédia ainda deve demorar para ser concluída. A esperança é que possíveis testemunhas possam ajudar, revelando tudo o que aconteceu e determinando os próximos passos a serem dados pela polícia. No local, haviam entre 50 e 100 pessoas. Felizmente, muitos sobreviveram ao incêndio.