De acordo com o site da NBC News, um atirador solitário abriu fogo durante o Festival de Música Eletrônica BPM que acontecia em um resort popular entre turistas estrangeiros no México – ato que resultou em um total de cinco vítimas fatais. Além dos mortos, outras 15 pessoas ficaram feridas em consequência dos disparos.

O incidente aconteceu na madrugada desta segunda-feira (16) por volta das 2h30, quando um homem tentou entrar armado no clube noturno Blue Parrot, localizado em Playa Del Carmen. O indivíduo teria sido barrado por um dos seguranças do evento que acontecia na discoteca, o que o fez sacar sua pistola e abrir fogo.

Publicidade
Publicidade

Todas as cinco pessoas mortas – quatro homens e uma mulher – eram estrangeiros. Segundo Miguel Angel Pech, procurador-geral do estado mexicano de Quintana Roo, os homens morreram em função dos ferimentos à bala, enquanto que a mulher teria falecido após ser pisoteada pelas pessoas que tentavam desesperadamente sair do local.

Entre as vítimas fatais estão dois canadenses, um italiano e um colombiano. Pech afirmou em uma coletiva de imprensa que três dos mortos faziam parte da equipe de segurança do festival de música.

Investigação

Na mesma coletiva de imprensa, Miguel Angel Pech afirmou que três pessoas foram detidas para interrogatório, mas não está claro se os suspeitos apreendidos estavam envolvidos no episódio dos disparos. Além disso, o procurador-geral mexicano disse também que houve outro incidente envolvendo troca de tiros perto do clube onde as mortes ocorreram, mas autoridades ainda não sabem se existe uma relação direta entre os dois incidentes.

Publicidade

O americano Hector Escardo, que trabalha na indústria da mídia em Los Angeles, relatou à NBC News em uma conversa através do Twitter que chegou ao Blue Parrot cerca de cinco minutos antes de os disparos começarem. Segundo ele, no momento em que os tiros foram efetuados, o clube noturno estava lotado.

Assista a algumas imagens registradas por pessoas que estavam presentes no local quando os disparos aconteceram:

#Crime #Investigação Criminal #Casos de polícia