Esteban Santiago, autor dos disparos no aeroporto de Fort Lauderdale, na Flórida, está preso e foi acusado de assassinato. Ele é veterano do Exército e mora no Alaska, onde trabalha como segurança.

O homem de 26 anos chegou ao aeroporto na sexta-feira, dia 6 de janeiro, com uma arma na bagagem. No local da retirada das malas, começou a atirar para todos os lados, provocando pânico e correria. Cinco pessoas morreram, oito ficaram feridas e mais de quarenta tiveram que ser enviadas a hospitais por causa de ferimentos causados na correria e confusão.

O aeroporto foi fechado e os voos foram transferidos para o terminal de Miami.

Publicidade
Publicidade

O motivo dos disparos ainda é desconhecido, porém o FBI afirmou que o homem viajou para realizar o #Ataque.

Instabilidade psicológica

O irmão do atirador, Bryan Santiago, disse que Esteban estava recebendo tratamento psicológico no Alaska, mas eles não conversavam sobre isso.

Em janeiro de 2016, foi acusado de violência doméstica por sua namorada após destruir a porta do banheiro.

Esteban Santiago disse ao FBI, em novembro do ano passado, que o governo norte-americano estava controlando sua mente.

Violência nos EUA

Casos de atiradores nos #Estados Unidos se repetem frequentemente e assustam o #Mundo. Entre os países desenvolvidos, os EUA estão em primeiro lugar em homicídios por arma de fogo, de acordo com a ONU.

Em janeiro de 2016, Barack Obama anunciou um programa para tentar reduzir o número de incidentes com armas de fogo no país.

Publicidade

O principal objetivo é dificultar a venda para pessoas com histórico criminal ou doenças mentais, aumentando a verificação das vendas on-line e em feiras de armas.

Não se trata de criar uma nova lei, mas sim aprimorar uma legislação já existente sobre controle de antecedentes dos compradores. Segundo o agora ex-presidente, uma em cada trinta pessoas que querem comprar armas pela internet possui histórico criminal.

Em alguns estados, é possível adquirir uma arma em supermercados e até mesmo levar uma para a sala de aula na universidade.