Nem toda a beleza que se vê nos filmes de Hollywood vem acompanhada de "bons tratos" aos #Animais. Um vídeo, que circula na internet, mostra um cachorro da raça pastor alemão forçado a nadar em uma piscina do estúdio de gravações. As imagens começaram a circular nesta quarta-feira, 18. A revolta foi tão grande que grupos no Facebook e postagens no Twitter sugeriam que o #Filme fosse boicotado por todos.

A gravação é do filme "Quatro Vidas de um Cachorro" e vem causando fúria na internet. Quem gosta de animais, especialmente os cães, vai perceber que realmente o animal está sendo cruelmente forçado.

Sobre o Vídeo

No vídeo publicado no canal da TMZ, um pastor alemão é forçado a entrar numa piscina com forte correnteza.

Publicidade
Publicidade

O animal aparece muito assustado. Ele é praticamente arremessado na água, para que a cena de salvamento de uma mulher fosse gravada.

Conforme relato da TMZ, a cena gravada em Winnipeg, no Canadá, é de novembro de 2015. No final do vídeo, que mostra o cachorro quase se afogando, um diretor grita para cortar a cena. Não se sabe se para salvar o cachorro ou se era parte do script.

O TMZ ainda relata que o diretor do filme Lasse Hallström estava no estúdio todo tempo e que um membro da equipe (ou ao menos um) estava aterrorizado com os maus tratos.

A empresa responsável pelas gravações, a Amblin Entertainment, disse ao site TMZ que o cão da raça Pastor Alemão não foi forçado a nadar. Ainda disse que o cão chama-se Hércules e que a gravação só foi feita quando o animal se sentiu "confortável".

Publicidade

Ainda continua dizendo que o cão passou por vários dias de ensaio, era apto a nadar e apenas quando tudo estivesse seguro as cenas definitivas seriam filmadas. Finaliza ainda dizendo que no momento que a gravação foi realizada, o cão não estava querendo executar os movimentos indicados no roteiro e os profissionais da Amblin não prosseguiriam com a gravação.

A Amblin ainda disse, em nota, que Hércules depois se acalmou e executou a cena com maestria. O cão apresentava-se "feliz e saudável" e que a produção é uma celebração da conexão entre o animal e o homem e que a Amblin segue protocolos rígidos de segurança para os animais.

Veja o vídeo

#maus tratos