Desde que começou sua campanha nas primárias nos Estados Unidos, Donald Trump mostrou ser contra o #aborto. Como Trump é um republicano #CONSERVADOR, sempre lutou pelas causas do conservadorismo, dentre elas acabar com o aborto nos Estados Unidos, alegando que essa prática é crime.

A Marcha das Mulheres, realiza no sábado (21), tinha como um dos temas de protesto, justamente as medidas conservadoras que Trump disse que tomaria, caso fosse eleito presidente. De maneira destemida e sem se preocupar com as manifestações, ele tem começado a por em prática suas promessas.

Trump corta gastos do governo

Trump já cortou os gastos do governo que financiava grupos pró-aborto no exterior.

Publicidade
Publicidade

Ele assinou, nesta segunda-feira (23), uma ordem executiva que proíbe o uso de dinheiro do governo para subvencionar grupos que pratiquem ou assessorem o aborto no exterior, uma política implantada por Ronald Reagan na década de 1980 e que seu antecessor, Barack Obama, tinha cancelado.

O aborto é um assunto polêmico e delicado, que vem sendo defendido por uns e repudiado por outros. Grupos conservadores dizem que a vida começa na concepção, por esse motivo, o aborto estaria assassinando uma vida. Já os grupos liberais ou de esquerda não concordam com essa ideia e tentam legalizar o aborto.

Essa batalha entre ativistas pró-aborto, como as demais minorias, contra o conservadorismo do republicano #Donald Trump parece não ter fim. Em meio a uma campanha tão turbulenta, o presidente dos Estados Unidos tenta manter os trabalhos em dia com sua agenda de compromisso na Casa Branca.

Publicidade

Além dessa medida, Trump anunciou outras duas nesta segunda-feira: a saída do país do Tratado de Associação Transpacífico (TPP, na sigla em inglês) e o congelamento total de contratações de funcionários do governo, com a exceção das Forças Armadas. A política conservadora de Trump entrou em funcionamento, assim como a oposição com manifestações e protesto pelo país.

Já nas redes sociais, as hashtags com o nome Donald Trump têm bombado em muitos grupos de politica assim como em debates nas paginas de política.