Jovens têm hormônios em ebulição. Por isso, nessa idade, muitas atitudes acabam se tornando inconsequentes. De acordo com o site peruano 'O Debate', um flagra que aconteceu em uma escola de policiais do Peru está chamando a atenção de todo o país. Dois jovens, um rapaz e uma moça, que não tiveram os nomes e as identidades reveladas, aparecem em um vídeo tendo relações sexuais dentro da 'Escuela de Suboficiales de la Policía'. O colégio é um dos mais respeitados do país. O vídeo já estaria sendo investigado, mas ainda não se sabe se os dois protagonistas das cenas serão ou não expulsos da escola, ou receberão algum tipo de punição.

O vídeo começou a circular nas redes sociais na segunda-feira, 23.

Publicidade
Publicidade

Alguns sites chegaram a publicar o conteúdo completo, que tem pouco mais de três minutos. Quem já foi até à escola de cadetes garante que a dupla está mesmo nas instalações da instituição. A sequência começa com o rapaz e a moça ainda de uniforme. Aos poucos, eles trocam carícias, tiram a roupa e iniciam a relação íntima. Não se sabe quem teria gravado o vídeo, que foi estrategicamente gravado através de uma câmera capaz de pegar uma imagem aberta, mostrando absolutamente tudo o que acontecia. Para muitos peruanos, o rapaz das imagens teria gravado, sem autorização, as cenas dele com sua provável namorada.

Até o momento, a entidade envolvida ainda não publicou nenhuma nota comentando o caso. A publicação acabou fazendo muito sucesso em todo o planeta. Apenas uma das versões já tem mais de quinhentos mil acessos no Youtube, expondo os dois envolvidos nas cenas.

Publicidade

Veja abaixo parte do vídeo que está circulando nas redes sociais. Atenção, usamos imagens embaçadas a fim de preservar as identidades dos envolvidos e de tornar o conteúdo apto para todas as idades. Na sua opinião, o que realmente deveria ser feito com os jovens que estão sendo flagrados em um momento de intimidade? Deixe seu comentário. Ele é sempre muito importante para todos nós e ajuda a estabelecer o diálogo a respeito dos temas.

#Crime