De acordo com o site Daily Mail, residentes do Canadá conseguiram registrar imagens de belos "pilares de luz" irradiando logo acima de casas em algumas áreas do país, quando luzes e clima severo se combinaram criando um efeito belo e raro.

O fenômeno ocorre somente quando se configura um frio extremo, e o território canadense tem enfrentado temperaturas muito baixas, que chegaram a atingir impressionantes 18 graus Celsius abaixo de zero - condição perfeita para que o "show de luzes" surgisse.

O Daily Mail revelou que os pilares de luz se formam quando as temperaturas despencam tanto que as moléculas de água presentes no ar acabam congelando, permanecendo estacionárias em eixos verticais.

Publicidade
Publicidade

Então, basta que haja uma fonte luz nas proximidades, como por exemplo, lâmpadas de iluminação pública, sinais de neon ou até mesmo a luz proveniente de casas, para que os diminutos cristais de gelo presentes na atmosfera reflitam o brilho que recebem destas fontes citadas acima, criando um efeito impressionante.

O fenômeno também pode ser causado naturalmente pelo sol, e quando isso acontece, recebe o nome de pilar solar. Neste caso, o efeito se torna bem visível quando nossa estrela se encontra baixo ou abaixo da linha do horizonte, atingindo um ângulo propício para a reflexão de seus raios.

No entanto, diferentemente das belas auroras, que são fenômenos exclusivamente naturais, os pilares de luz podem se fazer presentes a partir da interação com luzes artificiais, como aconteceu no Canadá.

Publicidade

Registrando o fenômeno

A fotógrafa Darlene Tuner, que estava em Blackflads, Alberta, foi uma das pessoas que conseguiu registrar os pilares de luz. Ela afirmou, segundo o Daily Mail, que o fenômeno era bem claro e visível, e que na hora em que ela o fotografou, o vento frio fazia com que a temperatura sentida no local fosse de inacreditáveis 27 graus Celsius abaixo de zero.

Timothy Elzinga, de 33 anos, também registrou as belas formações de luz, só que em Ontário, onde fazia18 graus Celsius negativos. No caso de Elzinga, as fotos só foram tiradas graças a um curioso acaso, já que ele percebeu o fenômeno somente porque seu filho Gibson, de seis anos, começou a chorar, e ele teve que levantar de sua cama para ver o que estava acontecendo com a criança – momento em que notou os pilares de luz do lado de fora de sua casa. #Natureza #Curiosidades