Você pode estar ser perguntando: “O que exatamente esse pobre filhote fez?” A resposta: ele mastigou o celular de seu dono. A reação do proprietário foi jogar água fervente no animal, e, como se não bastasse, o cão foi jogado de cima de um prédio de 4 andares.

O cachorro estava deitado na rua à beira da morte quando foi encontrado por uma designer, identificada como Yan Yingying, de 30 anos. No entanto, sem pensar duas vezes, a mulher, de imediato, levou o animal para uma clínica veterinária. Como as lesões do cachorro eram muito graves para os veterinários, os mesmos aconselharam a mulher a levar o animalzinho para a ONG Animal Ásia.

Publicidade
Publicidade

Já na ONG, batizado de Tuffy, recebeu um tratamento intensivo para as suas feridas e queimaduras. “A visão deve ter sido horrível, e eu tenho certeza que muitas pessoas tinham visto, mas fingiu não ver. Mas ela não o fez. Ela levou Tuffy para um veterinário local em Chengdu e pagou por todos os seus cuidados veterinários. Isso salvou a vida dele", relatou uma veterinária da ONG Animal Ásia, Emily Drayton.

Sob os cuidados do Animal Ásia, como o seu estado de saúde era bem delicado, o cãozinho recebeu tratamento 24 horas por dia, para curar as suas feridas. Suas pálpebras foram queimadas e o filhote teve que aprender a dormir com os olhos abertos. Depois de ouvir a história de Tuffy, amantes de #Animais compassivos, correram para doar fundos e serviços para ajudar no tratamento do animal.

Publicidade

Um cirurgião de Hong-Kong voou até a ONG, para dar-lhe enxertos de pele para reparar os seus ferimentos.

Com todo o apoio, Tuffy foi capaz de se recuperar e crescer para se tornar um cão doce e divertido, e está muito longe do cachorro estremecido e devastado pelos maus-tratos sofridos, quando foi levado pela primeira vez para a Animal Ásia. Depois de um longo tratamento, o animal está curado e com boa saúde.

Felizmente, essa foi a última vez que cãozinho passou por tanta crueldade. Hoje, Tuffy está vivendo com muito amor e carinho na residência de sua salvadora Yingying. #Crime #Violência