Um #Acidente com um ônibus, que transportava um grande grupo de imigrantes portugueses de França par a Suíça, matou quatro pessoas e deixou outras três em estado grave, incluindo um bebê de dois anos de idade. Tal como informa o site do “Jornal de Noticias”, as vítimas já foram identificadas pelas autoridades, sendo todas elas portuguesas que viviam na Suíça. Além das vítimas mais graves, cerca de vinte e sete pessoas sofreram ferimentos, tendo sido socorridas em um estabelecimento próximo do local do acidente, em Charolles.

Os acidentes envolvendo imigrantes, não só portugueses, mas também brasileiros, nas estradas europeias, parecem não ter fim.

Publicidade
Publicidade

Depois do ano passado ter sido um dos piores das últimas décadas, a verdade é que o ano de 2017 começa com mais um acidente macabro que matou quatro imigrantes portugueses, na já conhecida “estrada da morte” na França, que todos os anos causa muitas vítimas mortais.

Tal como informa o site “Jornal de Notícias”, o ônibus que se despencou da estrada francesa pertencia a uma empresa de transportes chamada “Rota das Gravuras”, sendo que a viagem tinha começado em Portugal e só terminaria na cidade suíça de Genebra, onde a maioria das vítimas desse terrível acidente trabalha, há já vários anos. Poucas horas depois desse enorme desastre, as autoridades confirmaram que uma das vítimas em estado grave, estando nesse momento lutando pela sua vida, é uma criança de dois anos, que se encontra agora em um hospital local.

Publicidade

Nas redes sociais, muitos imigrantes da comunidade portuguesa estão em choque por mais uma enorme tragédia envolvendo seus membros. Muitos deles questionam se o condutor não estaria em excesso de velocidade no momento do acidente, rezando agora para que todas as vítimas possam recuperar o mais rapidamente possível e desejando também muita força para as famílias nas regiões portuguesas de Penafiel e Vila Nova de Fôz Coa que perderam hoje seus familiares. Marcelo Rebelo de Sousa, atual Presidente da República de Portugal, também já enviou sua mensagem aos portugueses que hoje perderam a vida na França. #Europa #Emigração