Neste fim de semana, a história de um homem muito "bem dotado" voltou a repercutir na mídia. O portal de notícias UOL republicou uma notícia sobre Roberto Cabrera, de cinquenta e quatro anos. O mexicano ficou conhecido em todo o mundo no ano de 2015, quando se recusou a fazer uma cirurgia de redução de pênis. Com um "pequeno" detalhe, Roberto tem quase meio metro de genitália, mais precisamente 48 cm. Isso com ele flácido, ou seja, caso consiga ter uma ereção, o que é bem complicado, esse tamanho aumentaria ainda mais. A situação também ganhou destaque no Brasil pelo site 'Metrópoles'.

O dono do órgão genital avantajado chegou a dar muitas entrevistas e declarações bombásticas.

Publicidade
Publicidade

Ele diz que tem o desejo de entrar no livro dos recordes, mas que não aceitaram o fato de ter um órgão genital gigante uma grande proeza. Para acabar com as especulações de que Roberto ou um engraçadinho estivesse mentindo sobre o caso, médicos conversaram com uma TV mexicana e disseram que tudo o que ele conta é verdade. Exames, como um ultrassom, foram expostos. O desenho do órgão pode ser visto, por exemplo, em muitos exames.

O site do UOL diz que em janeiro deste ano - 2017 - médicos ofereceram uma ajuda ao homem. Eles queriam fazer uma cirurgia de redução peniana, a fim de que ele pudesse ter relações íntimas. No entanto, o homem não aceitou. Os médicos lamentaram. Isso porque, para não se machucar, Roberto só consegue dormir de barriga para cima. Ele também é incapaz de gerar filhos.

Publicidade

O doutor Jesus David Salazar, foi um dos especialistas que atendeu Roberto. Ele diz que a negativa do paciente reflete a cultura latina, na qual para o homem quanto maior o pênis mais másculo/macho ele é. No entanto, no caso do paciente, ele não consegue fazer sexo e dar prazer à uma mulher.

Caso você fosse ele, faria alguma coisa para mudar essa condição extraordinária? Não esqueça de deixar o seu comentário. A sua opinião é sempre muito importante para todos nós e nos ajuda a construir o diálogo a respeito dos temas. #Bizarro