Normalmente estar hospedado em um hotel é sinônimo de férias, descanso, bem estar e dias de muito lazer. A hospedagem normalmente é algo aconchegante, e é prestado um serviço de qualidade aos clientes, para que possam se sentir o mais confortável e bem assistido possível. Porém o Hotel McKamey, em San Diego, nos Estados Unidos, é procurado por fornecer um serviço de terror. Dentro do Estabelecimento seus hospedes tem a “oportunidade” de viver momentos horror e sofrimento.

Os hóspedes do McKamey pagam para serem torturados, humilhados, presos, e forçados a comer coisas nojentas. A fila de espera é simplesmente impressionante, 24.000 pessoas aguardam com ansiedade para enfrentar horas de terror em suas vidas.

Publicidade
Publicidade

A diária no hotel é de 08h00min, com um roteiro diferenciado onde 2 dessas 8 horas, os hospedes conseguem viver seus próprios filmes de terror. Essas duas horas eles passam por diversas formas de tortura, incluindo o uso de animais que normalmente causam pânico as pessoas. O processo é registrado por câmeras que filmam tudo. Quando se encerra a sessão de tortura o hóspede pode enfim, descansar as demais horas e se recompor de tudo que passaram.

Existem vários vídeos onde mostram o que as pessoas passaram lá. Em algumas imagens é possível ver pessoas com as cabeças presas em jaulas com animais como cobras e aranhas andando em seu rosto. Os hóspedes são cobertos de “sangue”, tem suas cabeças mergulhadas em recipientes com uma água bem escura. Recebem tapas do rosto, são amordaçados e amarrados, trancados em diversos lugares como jaulas e freezer, essas são apenas uma das coisas que acontecem lá.

Publicidade

O hotel oferece um serviço personalizado para cada cliente e garantem que nenhuma experiência é igual à outra.

Para entrar no Hotel é preciso ser maior de 21 anos, e levar comprovantes que não sofrem de doenças graves, como problemas de coração por exemplo. A pessoa assina um contrato afirmando aceitar todo tipo de tortura que lhe for oferecido. E se o hospede não tiver suportando o ritual de terror, eles analisam se te liberam ou não da sessão. O objetivo principal é fazer com que os clientes chorem. No contrato a única coisa que eles garantem é que não iram matar, e causar lesões nos contratantes.

Eles garantem que nenhum hospede conseguiu enfrentar todos os desafios que lhe foi impostos. Todos que já passaram pelo hotel, ficaram chocados e nunca mais voltaram ao local.

Os inventores do hotel, foi o casal de namorados Russ McKamey e Carol Schultz, o slogam do hotel é “Viva seu próprio filme de terror”, e tem como regra que apenas duas pessoas por vez podem passar pela experiência.

Confira no vídeo abaixo uma parte dessas sessões de horror:

#Crime #Casos de polícia #Mundo