Nesta última quarta-feira (04), as cenas de uma tragédia foram divulgadas nas redes sociais pelos internautas para aumentar a conscientização sobre o cuidado com crianças no verão. Nas imagens, uma criança, de 4 anos, aparece se afogando em uma piscina, sem que a mãe se dê conta do que está acontecendo. O caso aconteceu na China, e foi flagrado por um outro banhista que fazia um vídeo do lugar onde as pessoas se divertiam. Nas cenas que foram capturadas sem querer, uma mãe aparece escrevendo no celular, enquanto a criança brinca na água. Em um determinado momento a mulher se vira de costas para o menino, totalmente distraída com o aparelho. É nesse instante que a criança pequena começa a se afogar e se debate desesperadamente por ajuda, sem que ninguém se dê conta da #Tragédia.

Publicidade
Publicidade

Nem as pessoas que estavam em volta, nem o banhista que filmava o local, e nem a mãe se dão conta de que o menino está literalmente perdendo as forças dentro da água. Em um ponto do vídeo, a mulher ainda se afasta um pouco mais, e não percebe a situação em que o filho se encontra. As imagens são chocantes e fazem um alerta sobre o perigo de se deixar crianças nadando sozinhas e sem supervisão.

As cenas foram amplamente divulgadas nas redes sociais como um alerta e para conscientização. Principalmente no verão é preciso ter um cuidado a mais com as crianças. Nas praias além do risco de afogamento, a superlotação nos dias de calor, pode fazer com as crianças se percam ou que sejam levadas por algum estranho e desapareçam. Nas piscinas os riscos não são menores, elas podem cair, escorregar, e também se afogarem.

Publicidade

Um dos internautas chegou a lembrar que normalmente quando uma pessoa se afoga ela não faz barulho como se vê em filmes e na televisão, o fato de perderem a consciência muito rápido faz com que a morte seja silenciosa. Outro alerta é que crianças muito pequenas, e bebês podem ser afogar em alturas muito pequenas de água, cinco centímetros são suficientes para que uma delas perca a vida. O alerta vale para todos os pais, e sinaliza uma situação aparentemente boba, mas que pode se tornar fatal.