Parece uma história de cinema, mas não é. Melissa Dohmer é moradora do estado da Flórida, onde viveu uma experiência de quase morte após seu namorado a golpear 32 vezes com uma faca.

Robert Burton e Melissa namoravam desde a época do colegial. Certo dia, ela tentou terminar seu relacionamento com Robert e o mesmo não aceitou, e a agrediu fisicamente. Em seguida, foi preso em flagrante.

A prisão só fez com que Robert ficasse com mais raiva ainda da sua, até então, namorada.

Após se passarem alguns meses, Robert voltou a ligar para Melissa, mesmo estando namorando com outra pessoa, pedindo para que ela o encontrasse em um local para por um fim nesse história toda que ocorreu.

Publicidade
Publicidade

Mesmo estando com medo, Melissa decidiu ir ao encontro de Robert para acabar de vez, e assim, se livrar de vez do rapaz. "Levei comigo meu spray de pimenta e meu telefone, como uma forma de me proteger caso ele tentasse algo contra mim," disse à BBC.

Assim que Melissa chegou, ele estendeu seus braços para que ela o abraçasse e quando ela o abraçou, retirou uma faca escondida e começou a apunhalar seu corpor várias vezes.

"Me lembro da dor nos primeiros golpes que ele deu, mas depois eu entrei em um modo de defesa. Tentei escapar dele, mordi a mão dele. Ele continuava perfurando e eu gritava muito, eu fazia o que podia naquela hora. Até a hora que cai no chão pois já tinha perdido muito sangue", contou.

Após gritar desesperada, um rapaz e uma moça ouviram e chamaram a polícia imediatamente.

Publicidade

Mesmo sabendo do risco de ser preso novamente, Robert ainda foi buscar outra faca maior para matá-la. "Eu fiquei na estrada deitada pensando que iria morrer. Única reação que tive foi de orar pra Deus me salvar e me dar mais uma chance", disse Melissa.

Após chegar ao hospital, os médicos detectaram que Melissa sofreu graves fraturas no crânio, mandíbula, nariz e por todo seu corpo. No total, foram 32 facadas, sendo 19 na cabeça e no pescoço. Melissa teve uma paralisia na sua face direita, perdeu muitos dentes e recebeu cerca de 12 bolsas de sangue.

Passado todo o susto e recuperada totalmente do ataque que sofreu, em 2012, Melissa conheceu a equipe de resgate que a ajudou quando chegou ao local da tentativa de assassinato. E foi nesse dia que ela viu Cameron, um dos socorristas. Após várias conversas, eles descobriram que tinham muita coisa em comum e, logo no ano seguinte, começaram a namorar.

Em um jogo de baseball neste ano, Melissa foi convidada a entrar em campo para uma homenagem devido ao seu trabalho contra a violência doméstica. E foi neste momento que o seu namorado, Cameron, a pediu em #Casamento diante de um estádio inteiro. #ViolenciaDomestica