A estudante Ayesha Pudden, de 22 anos, moradora de Londres, na Inglaterra, é uma jovem que sempre gostou de ostentar sua vida na cidade europeia em redes sociais. Gostava de estar sempre bem vestida, e mudar o visual. Porém a jovem que sonhava em mudar o nariz e fazer um preenchimento nos lábios, resolveu realizar seu sonho da pior maneira possível. Pegar o cartão de sua amiga, sem o consentimento da titular para fazer as cirurgias, e ficar mais bela. Mas a estudante acabou se dando mal, ao ser descoberta além de perder amiga ainda foi para na prisão.

A história parece até de ficção, mas é bem real, Ayesha Pudden e Yuan Guo, dividiam o mesmo apartamento em Londres, eram amigas e confiavam uma na outra.

Publicidade
Publicidade

Pudden, no entanto era uma muito vaidosa e gostava de ostentação. Sempre nutriu a vontade em fazer uma cirurgia plástica no nariz, e um preenchimento em seus lábios. E como sua vontade era muito grande em fazer as cirurgias, que estavam demorando um pouco, a estudante aproveitou uma ‘oportunidade’, para antecipar seu desejo.

Yuan havia dado uma festa no apartamento, como estava cheio de amigos, e com muita bagunça, Pudden aproveitou a distração da amiga e entrou em seu quarto, pegou o cartão, se certificou bem em gravar a senha, e antes de sair ainda realizou outros furtos. A estudante ainda roubou roupas, jóias e cosméticos caríssimos, antes de sair do quarto.

Pudden queria ser reconhecida como uma garota ‘perfeita’ e levar uma vida luxuosa. Então após roubar o cartão da amiga, ela realizou as cirurgias, gastando um valor aproximadamente de 30 mil.

Publicidade

Como se não bastasse ela ainda realizou diversas compras em sites utilizando o cartão.

Quando a fatura chegou, Guo ficou estarrecida, no documento constavam o nome da clínica de estética e os diversos sites de compras. A vítima pressionou a “amiga”, que confessou ter ‘usado’ o cartão.

Yuan Guo, imediatamente mudou de apartamento e procurou a polícia denunciando a estudante.

Pudden foi obrigada a devolver parte do dinheiro gasto por ela, e ainda foi presa e cumprirá dois anos de reclusão por roubo, fraude e por porte de identidade falsa.

A mãe da jovem presa ainda tentou justificar, afirmando que a estudante estaria muito arrependida do que fez. E decepcionada disse que agora a filha iria exigir as plásticas na cadeia.

#Crime #Casos de polícia