Logo no primeiro episódio, a série "The Young Pope" já causou polêmica nas redes sociais com o personagem de Jude Law, o Papa Pio 13, exibido neste domingo (15) nos EUA. Isto porque o jovem papa mostra toda sua nudez logo nos primeiros minutos da série. Os comentários foram inevitáveis, como os da fã no Twitter que disse ter visto a bunda de Jude três vezes em apenas cinco minutos, outra elogiou o bumbum do ator: "Jude Law tem um bumbum legal". Na Itália também a série causou furor quando foi lançada e bateu recorde de audiência, com cerca de 1 milhão de telespectadores.

O cineasta italiano Paolo Sorrentino foi o grande mentor do personagem tão polêmico e controverso de "The Young Pope", Além desta série, ele levou o Oscar com o filme americano "A Grande Beleza" do qual foi diretor.

Publicidade
Publicidade

Jude interpreta Lenny Belardo, um jovem inexperiente que é usado por grupos clericais para colocá-lo no pontificado e assim o manipularem ao seu bel prazer. Contudo, eles não contavam com a força e determinação do jovem papa, que pode permitir tudo, menos ser usado. Para espanto de todos, o líder religioso não se comporta como o esperado; além de ser muito jovem, Belardo é fumante, não demonstra o menor respeito pelas tradições do Vaticano e até discute, em alguns momentos, a existência de Deus. Bem rápido ele aprende que manda quem tem o poder nas mãos e, com muita esperteza, o novo Papa Pio 13 se inteira da vida de todos do seu papado para poder encará-los de frente.

A série, que estreou na Europa em outubro de 2016, ainda não tem data prevista para lançamento no Brasil. O diretor Paolo Sorrentino prefere não fazer comparações do seu Papa com religiosos verdadeiros.

Publicidade

Segundo ele, mesmo sendo jovem e diferente de todos os Papas que já se conheceu, incluindo o atual, Papa Francisco, tem muita noção da realidade e é bem possível que algum dia isso aconteça. Já o ator confessa que demorou um pouco para encontrar o personagem e deixá-lo bem real, mas com o tempo foi conhecendo seu comportamento como pessoa e como religioso. "Foi alí que o Papa apareceu", diz Law. #Seriados #Igreja #Religião