No Brasil, falar em neve e temperaturas negativas fascina alguns e espanta outros. Imagine, então, ter que sobreviver em temperaturas próximas de -30ºC; para você, é empolgante ou aterrorizante?

A Europa encontra-se submetida a esta situação e o resultado não tem sido favorável para ninguém. O que de menos pior houve foram os diversos voos cancelados, além acidentes nas rodovias com caminhões tombados; mas o triste e assustador mesmo é que a contagem de vítimas fatais já é alta e pode aumentar, pois não há previsão de melhora no #Clima neste momento.

O que sabemos sobre a situação da Europa

Até o momento, foram informadas 10 mortes na Polônia, 7 na Itália, 2 na Bulgária, 3 na República Checa e 1 na Rússia; a preocupação é de que haja mais vítimas, pois a temperatura deve permanecer baixa.

Publicidade
Publicidade

Segundo autoridades da Polônia, desde o último 1º de novembro, já foram 53 mortes atribuídas ao frio.

A polícia pede que a população preste atenção em sinais de hipotermia (especialmente os moradores de rua, mais expostos ao rigor do clima), são eles:

  • Temperatura corporal entre 30ºC e 33ºC;
  • Tremores violentos e incontroláveis;
  • Fala lenta e tremida;
  • Respiração mais lenta e fraca do que o normal;
  • Pulsação fraca;
  • Dificuldade em controlar os movimentos do corpo;
  • Falta de atenção;
  • Perda de memória ou sonolência;
  • Inchaço na face;
  • Perda dos sentidos (em casos mais graves);

A Itália teve fortes nevascas, dificultando o tráfego de veículos e forçando o fechamento de aeroportos, além das 7 vítimas fatais, sendo que destas, 5 eram moradores de rua.

Preocupado com a situação, que ainda não se sabe quando vai melhorar, o Papa Francisco interveio em Roma, buscando ajudar de todas as maneiras possíveis.

Publicidade

O monsenhor Konrad Krajewski, responsável pela Esmolaria Vaticana, anunciou as ordens do pontífice neste sábado.

Os abrigos para moradores de rua ficarão abertos 24 horas por dia para receberem as pessoas que não têm para onde ir; para quem não quiser ir para os abrigos comandados pela Esmolaria, serão doados sacos de dormir que aguentam temperaturas de até -20ºC; além disto, também estarão à disposição carros da Esmolaria para as pessoas dormirem dentro deles durante a noite. Desde 2013, quando assumiu o pontificado, o Papa vem fazendo diversas obras para ajudar os moradores de rua em Roma.

Istambul, na Turquia, ficou sob 40 centímetros de neve, registrando alguns acidentes de trânsito e fechamento de aeroportos. Porém, nem mesmo este clima extremo atrapalhou os fiéis ortodoxos na celebração da Epifania, ocorrendo mesmo assim os tradicionais banhos gelados, nesta sexta-feira, no Porto de Durres (Albânia). #Europa #Morte