Grace Packer, de 14 anos, foi encontrada morta e desmembrada. Ao que tudo indica, foi a própria #mãe da menina a premeditar todo o #Crime. Sara Packer e o namorado Jacob Sullivan estão respondendo, no Tribunal, por terem se unido para bater, estuprar, drogar e matar a adolescente. No final, ainda tentaram se livrar do corpo da menina, e pediram ajuda na polícia, alegando que Grace tinha desaparecido.

Depois de conhecido o desaparecimento da adolescente, uns caçadores encontraram partes do corpo de Grace, no meio da floresta, no final de outubro de 2016. A menina estaria desmembrada, em uma tentativa de tentarem eliminar qualquer prova contra eles.

Publicidade
Publicidade

Porém, seria o próprio assassino da menina, o namorado de sua mãe, a desabafar o que tinha feito. Isso depois dele ter sido encontrado inconsciente, no dia 30 de dezembro. Alegadamente, ele teria tentado se suicidar. Na clínica onde foi tratado, ele confessou o crime. Também Sara teria tentado o mesmo, o que deixa a entender que eles teriam planejado o suicídio.

Sara Packer adotou Grace quando ela tinha apenas três anos, e foi pegar a menina de um centro, onde tinha sido deixada, aguardando adoção. O julgamento do caso chocante está começando e algumas declarações estão sendo reveladoras da gravidade do que os dois fizeram com a jovem adolescente.

O advogado Matthew Weintraub lamentou que essa menina não tivesse mais família nenhuma, que a pudesse, agora, defender no Tribunal. Porém, não será isso razão para que a justiça deixe de ser feita, e ele mesmo tudo fará para que os responsáveis paguem pelo crime cometido sobre Grace.

Publicidade

Alegadamente, Sara teria assistido ao momento em que o namorado Sullivan estuprou a sua #Filha. Antes, eles tinham drogado a menina, para que ela não resistisse ao estupro. A dose teria sido demasiada e ela teria sofrido uma overdose, mas teria sido o homem a acabar de matá-la. O ataque teria se prolongado por 18 horas, mas teria sido premeditado e seria uma "fantasia sexual" de Sara Packer, que desejaria ver o namorado estuprando a adolescente.

Depois da morte da filha, eles teriam tentado se desfazer do corpo. O seu objetivo seria o de deixarem as pessoas pensando que Grace tivesse fugido de casa, e tivesse desaparecido de casa.

Depois de revelada toda a verdade, eles estão sendo acusados de homicídio, estupro, restrições ilegais, sequestro, posse de instrumentos criminais, exposição ao perigo e bem-estar de uma criança, adulteração de provas físicas e correspondentes acusações de conspiração.

O julgamento vai continuar.