Uma notícia que choca pela violência contra uma mulher: um homem teria inserido um rolo da macarrão, de aproximadamente 40 centímetros, dentro da esposa. A mulher foi levada para o hospital quando não aguentava mais de dores abdominais. As dores e um claro inchaço foram notados assim que a mulher, de 38 anos, deu entrada no hospital, na Índia, durante o dia de Natal. Alegadamente, teria sido o marido, que embriagado, introduziu o utensílio de madeira, usado na cozinha, para resolver o seu problema de infertilidade.

Apesar de ter chegado em estado muito grave, os médicos acreditam que ela será liberada do hospital na próxima semana, se continuar se recuperando bem.

Publicidade
Publicidade

Quando ela chegou no hospital, não contou qual o problema que estava provocando suas dores. Os médicos examinaram e viram uma mancha, mas por ser um objeto de madeira, eles viram do que se tratava quando retiraram o objeto.

Inicialmente ela não contou como isso aconteceu, até porque o marido estava sempre presente quando alguém a questionava. O médico cirurgião Kedar Singh Shahi revelou ter ficado chocado com o que viu e jamais imaginou que iam encontrar um #Rolo da Massa dentro da mulher. Kedar Singh Shahi acredita que, pela gravidade das lesões internas, ela poderia até ter morrido.

Depois da cirurgia, os médicos começaram a desconfiar de um possível crime, e informaram a polícia e a comissão nacional para as mulheres. A vice-presidente, Amita Lokhani, foi até o hospital falar com a mulher, e conseguiu que ela desabafasse e contasse o que tinha acontecido.

Publicidade

Alegadamente, o marido teria chegado embriagado em casa, na noite de 22 de dezembro, e teria introduzido esse rolo dentro dela, através do ânus. Os maus tratos seriam frequentes, por ela ser infértil e nessa noite, além desse ato brutal, ele teria ameaçado a esposa de morte, caso ela contasse para alguém.

Três dias depois, com a mulher morrendo de dores, ele levou-a até o hospital. Assim que percebeu que a polícia e a comissão de proteção de mulheres estavam apertando o cerco, o homem despareceu. Nesse momento, ele continua foragido, mas a polícia continua procurando por ele.

O hospital está oferecendo gratuitamente os tratamentos, e o médico fala que ela é uma "mulher muito corajosa". A comissão vai continuar protegendo e aconselhando, mesmo quando ela deixar o hospital. #Bêbado #Casamento