Um momento incrível entre gêmeos foi captado pelas câmeras de segurança que a família tinha na casa. Os meninos de dois anos estavam brincando no quarto, quando foram um pouco longe demais na criatividade. Brock e Bowdy Shoff se empoleiraram na #Cômoda, que acabou tombando sobre eles. Brock conseguiu se liberar sozinho, para depois salvar a vida do seu irmãozinho, que chorava de dores no chão.

Os pais não perceberam nada e só as câmeras mostraram o que tinha acontecido, o que os está levando a um pedido de consciencialização sobre os perigos dos móveis.

Brincadeira acabou mal

Os meninos estavam sozinhos no quarto quando tudo aconteceu.

Publicidade
Publicidade

As crianças não medem os perigos e foi o que aconteceu com esses gêmeos, que nem poderiam imaginar que essa cômoda pudesse tombar tão facilmente. A verdade é que, pelo #Vídeo, se vê que ela tombou mesmo fácil e logo sobre os dois meninos. Brock conseguiu sair fácil de baixo da cômoda, que ficou meio inclinada sobre Bowdy. Apesar de estar sem som, dá para reparar que o menino está se desesperando.

Porém, é o irmão gêmeo que vai "vestir a capa de herói" nessa história. O menino parece pensar em uma estratégia, e até em alguns momentos ele olha para trás, parecendo estar chamando por ajuda. No entanto, ninguém chega e depois de olhar bem para a cômoda, ele vai buscar forças não se sabe onde, mas o pai fala nesse laço único unindo os seus gêmeos, e vai empurrar sozinho a cômoda, salvando a vida do seu irmão.

Momento incrível de força de uma criança tão pequena, para salvar a vida de um irmãozinho, que estava correndo perigo de ficar esmagado.

Publicidade

Mais um alerta sobre perigos com móveis

São por volta de 25.400 casos com crianças magoadas com móveis caindo sobre elas nos Estados Unidos. Esse foi mais um dos casos e os pais dos meninos, em Utah, compartilharam esse vídeo no Facebook, alertando para esse perigo, mostrando o que poderia ter acontecido com seus filhos.

Porém, esses pais estão sendo um pouco criticados, por não estarem por perto e, mesmo tendo câmeras, eles não estariam atentos para o que estava acontecendo com os meninos.

Foi já no final de 2016 que o Ikea teve que pagar 50 milhões de dólares para as famílias de três meninos, que morreram esmagados por cômodas que caíram sobre eles.

Assista ao vídeo do ato heroico:

#gemeos