A história de vida do menino John Thuo é um grande exemplo de luta. O menino, que é órfão, nasceu na República do Quênia e vive nas ruas pedindo esmolas para sobreviver.

John saiu para as ruas como de costume, mas não imaginava que aquele dia poderia mudar totalmente sua vida. Quando o farol fechou para os veículos, o menino se aproximou de um carro para pedir dinheiro e se deparou com uma mulher cheia de aparelhos respiratórios. Impressionado, perguntou a mulher o motivo de ela andar com tantos equipamentos.

A mulher, que se chama Gladys Kamande, de 32 anos, respondeu que necessitava dos aparelhos, pois sofreu um colapso pulmonar e depois disso passou a ter falta de ar constantemente, ela ainda explicou que os aparelhos eram um gerador e um tanque de oxigênio.

Publicidade
Publicidade

Gladys continuou contando sua historia a John, disse que já passou por 12 cirurgias e durante uma das operações ela teve seu nervo ótico rompido e perdeu a visão.

O menino muito emocionado com a situação afirmou que sua vida nas ruas era muito difícil, mas assumiu que a vida da mulher era pior. Então ele perguntou a Gladys se ela precisava de algo, e a mulher disse que sim, pediu as mãos de John e disse para ele orar junto com ela que isso ajudaria muito. O menino não conteve as lagrimas e resolveu dar todo o dinheiro que havia conseguindo nas ruas para a mulher, eles se emocionaram e começaram a chorar juntos.

Mas o que eles não perceberam é que um homem estava presenciando toda aquela cena e tirou algumas fotos e resolveu publicar nas redes sociais na tentativa de ajudar aos dois.

As fotos se espalharam rapidamente na internet e uma campanha para arrecadação de dinheiro foi criada para ajudar no tratamento de Gladys.

Publicidade

A meta foi alcançada e a mulher finalmente conseguiu fazer seu tratamento.

Gladys em agradecimento resolveu adotar John, e as coisas mudaram totalmente nas vidas deles, John agora tem uma família, amor, alimento, carinho e pode ir a escola como qualquer outra criança. Já Gladys estava contente de poder se curar e ter o menino como filho. #bondade #casodomenino #meninoderua