O nascimento aconteceu na última sexta-feira (6), na cidade de Cuidade Juárez, no estado de Chihuahua, no México. As informações do nascimento foram divulgadas pelo Seguro Social Mexicano, segundo o Jornal "La Prensa". Uma mulher teria dado a luz a um bebê com duas cabeças, e um vídeo gravado logo após o parto foi divulgado em redes sociais, pela própria família.

A notícia só foi divulgada, após a publicação do vídeo, que tem apenas 5 segundos, mas é possível ver o bebê chorando no hospital.

Segundo informações do site “La Red Noticias”, existe fortes indícios que a mãe do bebê deu entrada na maternidade para dar a luz, sem suspeitar da anomalia das crianças.

Publicidade
Publicidade

Embora o Seguro Social Mexicana tenha confirmado o nascimento, nenhuma informação sobre o estado de saúde das crianças foi divulgado.

A identidade dos pais e dos recém-nascidos também não foi divulgada a imprensa. Os #Bebês são diferentes dos gêmeos siameses, que em sua grande maioria possuem corpos e órgão diferentes, e são unidos por alguma parte de seu corpo, neste caso pouco comum, as crianças dividem o mesmo corpo e órgãos.

De acordo com especialista isso ocorre por uma anomalia que acontece na formação embrionária de gêmeos, que acabam se “fundido”, em uma das etapas de formação dentro do útero.

Os bebês do sexo masculino teve autorização de familiares para que o vídeo fosse divulgado pela imprensa.

Outro caso muito parecido aconteceu nos Estados Unidos nos anos 90 Abby e Brittany Hensel, gêmeas que nasceram coladas, elas dividiam o mesmo corpo, porém tinham dois pulmões, dois corações, dois estômagos, duas colunas e compactuavam de um mesmo intestino, e o mesmo órgão reprodutor.

Publicidade

A história das jovens que superou a expectativa de muitos profissionais ao chegarem à vida adulta foi contada em um documentário da rede BBC. Na época do nascimento das irmãs a cirurgia de separação era de grande risco. Por este motivo os pais das meninas optaram por não realizar a cirurgia que colaria a vida delas em risco.

As irmãs que já atingiram a vida adulta se formaram e lecionam em uma escola primária. Embora dividam o mesmo corpo as gêmeas têm personalidades completamente diferentes, o que exige certa paciência para estabelecer a convivência das duas. Pois opiniões divergem na roupa em que vão vestir até há hábitos comuns como: uma é mais caseira, já a outra gosta muito de passear.

Os hábitos alimentares são distintos, como por exemplo, quando ingerem café Brittany tem seus batimentos cardíacos acelerados enquanto Abby não possui nenhuma alteração fisiológica. Porém dentro do possível elas conseguem chegar a um “meio termo”, para ter um bom relacionamento e uma convivência mais confortável.

Confira abaixo o vídeo dos recém-nascidos do México no dia 6 de janeiro de 2016:

#Mundo