De acordo com o site britânico Daily Mail, nesta quinta-feira (19) o edifício Plasco, conhecido por ser o prédio "alto" mais antigo de Teerã – a capital iraniana –, acabou desabando após um #Incêndio, o que resultou na morte de 30 bombeiros que tentavam controlar as chamas.

A televisão estatal do Irã, que transmitiu o incidente ao vivo, informou que 200 bombeiros foram chamados para atender a emergência, e que "dezenas" de profissionais que combatiam o fogo ficaram presos no interior do prédio por causa do desmoronamento.

O Daily Mail afirmou que o edifício possuía um total de 15 andares, mas outras agências, como Aljazeera e The Guardian, informaram que o prédio tinha 17 pavimentos.

Publicidade
Publicidade

Além dos mortos, 75 pessoas – 45 das quais também eram bombeiros – ficaram feridas em função dos escombros projetados pela queda do edifício, que após desabar, provocou uma enorme nuvem de poeira.

Falta de segurança

O edifício Plasco foi terminado em 1962, época em que se tornou o primeiro "arranha-céus" de Teerã. No prédio funcionava um centro comercial que abrigava várias lojas e oficinas de confecção de roupas, e a tragédia só não foi maior porque o incêndio começou por volta das 8h00 da manhã, horário regional (2h30 da manhã, horário de Brasília), quando a maioria dos lojistas ainda não estava no local.

Segundo o Daily Mail, o porta-voz do corpo de bombeiros, Jalal Malekias, afirmou que os gerentes que tinham lojas no edifício já haviam sido alertados repetidas vezes sobre a falta de segurança do prédio – que não possuía nenhum extintor de incêndio em seus andares.

Publicidade

Além disso, as oficinas de confecção armazenavam roupas nas escadarias, o que ia totalmente contra os padrões de segurança.

Acredita-se que, devido a um curto circuito, as chamas tenham começado no nono andar, e de início, os bombeiros até conseguiram mantê-las sob controle. Entretanto, mesmo após os esforços de contenção, o fogo acabou ganhando força e se alastrou, e aproximadamente às 11h:30 da manhã em Teerã (6h:00 da manhã em Brasília), a estrutura do edifício não suportou mais o estresse causado pelo incêndio – fato que causou o desmoronamento.

Ainda de acordo com o Daily Mail, a TV estatal iraniana informou que equipes de resgate, auxiliadas por cães farejadores, foram enviadas para o local na tentativa de encontrar sobreviventes.

Assista ao momento da queda do edifício:

#Tragédia