A #Professora Tara Stumph, de 36 anos e casada, dava aulas de culinária na Arroyo Grande High School, uma instituição de Ensino Médio no estado americano da Califórnia, na qual ela trabalhou por cinco anos. Na terça-feira (10), foram registradas cinco acusações contra ela na Corte Superior do Condado de San Luis Obispo, fruto de uma investigação policial que durou oito meses. Todas relativas à prática de relações sexuais com dois menores, seus alunos. Ela responderá às acusações em liberdade depois de ter pago uma fiança equivalente a cerca de R$ 430 mil dólares.

Com um dos estudantes, ela teria mantido um romance entre setembro de 2014 e dezembro de 2015, quando denúncias sobre o caso chegaram à direção da escola, que notificou as autoridades policiais e pôs a professora de licença.

Publicidade
Publicidade

Além disso, Tara, segundo a família do estudante, mandou-lhe nudes e outras imagens picantes.

Os familiares do menor acrescentam que a então professora investiu meses em uma campanha ardilosa para conquistar a confiança do estudante para poder se aproveitar sexualmente dele. Para a família, a direção da Arroyo Grande High School não reagiu com a devida presteza para resolver o problema depois de informada, razão pela qual decidiram mover processo também contra a instituição de ensino californiana.

As autoridades do Distrito Escolar Unificado Lucia Mar, onde é situada a escola em questão, confirmaram a jornalistas da KSBY, afiliada da rede americana NBC que serve à região costeira central da Califórnia, que a professora não faz mais parte dos quadros docentes do distrito. Na nota em que responderam ao pedido de informações da emissora, acrescentaram que a segurança dos estudantes é uma prioridade, que o distrito colaborou com as investigações e elogiaram a atuação dos funcionários administrativos da Arroyo Grande High School, do Departamento de Recursos Humanos do distrito, da polícia local e, por fim, do escritório do promotor.

Publicidade

Para o órgão, tais esforços colaborativos são essenciais para a proteção do corpo discente contra predadores sexuais. #sexo #TaraStumph