Um link divulgado no Twitter da PETA com informações da TMZ ressalta que os responsáveis do filme "Quatro vidas um #Cachorro" estão sob investigação agora pelo "Chief Veterinary Office", do Canadá que acusa negligência nas gravações com um dos animais que foi forçado entrar em uma forte correnteza que foi montada para as gravações do filme.

No vídeo divulgando ontem (18), percebemos que o cachorro parecia muito assustado ao ter de entrar na falsa correnteza, e nesse mesmo video o animal parece se afogar, a equipe que trabalhava no filme rapidamente tenta resgatar o animal.

A polêmica tomou um rumo inimaginável, amantes de animais cobram explicações das empresas, e assim os diretores do filme informaram que Hércules (o cão) não queria fazer a cena prevista, então a equipe de produção decidiu não completar a filmagem.

Publicidade
Publicidade

Ainda informaram que a cena foi gravada apenas quando Hércules se sentia bem, mas no vídeo divulgado, parecia que já havia começado as gravações, o que leva para uma contradição.

O CVO (associação americana que fiscaliza gravações com animais) afirmou que não estava no set, pois havia um representante do "American Humane Association" que também vai ser investigado.

Os responsáveis pelo filme podem receber 6 meses de prisão e até mesmo 10 mil dólares em multa, entretanto, esse marketing negativo para o filme promete que o que estava para ser um dos maiores sucessos do cinema esse ano, seja um fracasso em bilheteria, incluindo protesto de ativistas em frente de cinemas ou shoppings. A PETA prometeu um boicote contra o filme, que tinha tudo para ser uma história linda, acabou se tornando em um pesadelo.

Publicidade

O filme conta a história de um cachorro que reencarna com donos diferentes, embora ele viva aventuras incríveis com os novos donos, ele mantém o sonho de encontrar o primeiro dono. O filme deve ser lançado nos Estados Unidos, dia 26 de janeiro.

A Universal, responsável pela distribuição do filme, promete uma investigação. Inclusive o diretor do filme disse que não estava presente no dia das gravações, e disse em seu Twitter que estava "abalado e triste" com as novas filmagens

Assista ao vídeo: