Um tiroteio dentro do Aeroporto Fort Lauderdale, localizado na Flórida nos Estados unidos, foi alvo de um atirador agora à tarde, por voltas das 15h55min (horário de Brasília). No ataque várias pessoas foram mortas e oito ficaram feridas. Muita correria e pânico foram instaladas dentro do aeroporto. Um atirador já esta em posse das autoridades americanas, não se sabe ainda a motivação do ataque.

De acordo com uma nota divulgada em rede social, pelo gabinete do xerife do condado de Broward, várias pessoas foram mortas no atentado e 8 pessoas já teriam sido encaminhas a hospitais da cidade, com ferimentos a bala. Foi informado que um atirador esta custodiado pela polícia.

Publicidade
Publicidade

Segundo o canal de notícias CNN, a polícia afirmou que o atirador agiu sozinho, e apenas a motivação ainda não foi revelada pelo atirador. Todos os serviços oferecidos pelo aeroporto foram suspensos, feridos encontram-se hospitalizados e cinco mortes já foram confirmadas. A identidade das vítimas ainda não foi divulgada.

Rick Scott, governador da Flórida está em deslocamento para Fort Lauderdale, no intuito de acompanhar o caso.

O canal de notícias mostrou imagens da parte externa do Terminal 2, onde muitas pessoas correram na intensão de se protegerem do ataque, no setor de retirada de bagagens.

Nas imagens as pessoas eram mantidas na área de circulação de aviões e veículos de carga do aeroporto. Aparentemente como uma medida de segurança. Maiores informações ainda serão divulgadas a imprensa.

Publicidade

No Twiter do aeroporto eles apenas informaram que havia acontecido um incidente no Terminal 2.

O presidente Donald Trump, publicou em seu Twiter que já teria entrado em contato com o governador Scott, e estava acompanhando o caso. E pediu a todos que pesassem positivo e orassem pela segurança todos.

O ex-secretário de imprensa da Casa Branca, Ari Fleischer, informou que estava dentro do aeroporto no momento em que tudo aconteceu. Em sua rede social afirmou ter escutado o barulho dos tiros, e em seguida muita gritaria e correria dentro do aeroporto. No entanto agora o clima dentro do local estava mais tranquilo, porém a polícia não teria autorizado a saída das pessoas, pelo menos até o horário de sua publicação.

Até o fechamento desta matéria nenhuma informação adicional foi passada a imprensa. O que se sabe por enquanto que o atirador está sob custódia das autoridades americanas que estão à frente do caso.

Vídeo:

#Crime #Investigação Criminal