O presidente eleito norte americano, Donald Trump, reagiu através de uma rede social, ao discurso feito pelo presidente eleito norte coreano, Kim Jong-um, em um discurso de Ano Novo, em que afirmava estar em projeto final da preparação de um projétil balístico internacional, contra os Estados Unidos. Trump garantiu pelo Twiter que o regime Pyongyang, não fará nenhuma arma nuclear que venha ameaçar a segurança dos norte americanos.

Trump fez questão de ressaltar que o projeto feito pela Corea do Norte não ira acontecer. O presidente eleito pelos Estados Unidos, que teve uma campanha um tanto polêmica, chegou a chamar o Kim de “maníaco”, durante sua campanha política.

Publicidade
Publicidade

Mas não justificou o porquê, e se essa afirmação era de total negatividade, pois pouco tempo depois afirmou que o ditador norte coreano merecia algum tipo de crédito.

A Corea do Norte já havia lançado anteriormente outros seis misseis balísticos internacionais. Que foram lançados para serem colocados em órbita como satélites de observação.

Porém a Corea do Norte vem trabalhando, e fazendo testes em projéteis que possuam um longo alcance, e “preciosas” armas nucleares bem pequenas, para que assim sejam agregadas e bem equipadas sobre os projéteis.

Segundo alguns especialistas, o país norte coreano está cada vez mais próximo de alcançar este objetivo. E caso aconteça, a Corea do Norte teria um armamento nuclear potente e com capacidade de atingir longas distâncias, o alcance poderia chegar sim até os Estados Unidos.

Publicidade

As armas seriam utilizadas na intensão de dissuadir o adversário, e manter a permanência do regime coreano.

O mal estar entre os Estados Unidos e a Corea do Norte já resiste há anos, desde a #Guerra da Corea (1950/1953), onde logo após a guerra foi dada uma espécie de “trégua”, entre os países que nunca assinaram um acordo de paz definitivo.

Em um segundo Twiter o presidente norte americano, criticou a postura da China, único pais aliado á Corea do Norte, afirmando que o país deveria fazer tudo ao seu alcance para impedir que o presidente Kim continue a desenvolver programas nucleares.

Trump não deixou claro em seu Twiter se a arma nuclear não sairia por incapacidade da Corea do Norte, ou se ele teria algum plano para combater e impedir o desenvolvimento do projeto nuclear.

#Mundo