Empossado na última sexta-feira, dia 20, como novo presidente dos Estados Unidos, Donald Trump iniciou já em seu primeiro dia de gabinete uma de suas promessas de campanha. Pouco após o encerramento de sua cerimônia de posse, #Trump assinou no Salão Oval um decreto sobre o Ato de Saúde Acessível, o chamado Obamacare.

A medida solicita que os orgãos e agência do governo comecem o processo que visa inibir o uso de verba do governo para cobrir despesas de saúde. Ainda em seu início e sem maiores detalhes, acredita-se que o decreto seja a primeira de muitas ações que Trump tomará para a desestatização da saúde norte-americana.

Publicidade
Publicidade

Anteriormente, o presidente afirmou que deseja criar "um mercado livre e aberto para a oferta de serviços de saúde e convênios médicos". Durante a campanha, Trump criticou em diversos momentos o chamado Obamacare, uma das principais bandeiras dos oito anos de governo de Barack #Obama.

Contrário ao uso da máquina pública para coibir gastos relacionados a saúde, Trump afirmou em diversos momentos que iria encerrar o programa quando eleito. Em seu primeiro dia, o novo governante mostrou que está disposto a cumprir a promessa. #Estados Unidos