Donald John #Trump é o atual presidente dos Estados Unidos da América. Venceu as eleições de 2016 pelo Partido Republicano, derrotando a candidata democrata Hillary Clinton. Nunca um processo eleitoral americano recebeu tanta atenção da mídia internacional.

Em entrevistas e postagens em redes sociais, o então candidato ao cargo de maior poder do mundo foi muitas vezes controverso e taxado como radical. Devido a isso sua candidatura foi acompanhada de numerosos protestos em todo os #Estados Unidos.

A construção de um muro para impedir a entrada de imigrantes ilegais no país foi uma de suas propostas mais comentadas, questionadas e criticadas pela mídia e população em geral.

Publicidade
Publicidade

O muro será construído ao longo da #fronteira Estados Unidos-México e vem acompanhado de uma aplicação mais rígida das leis de imigração.

A construção

Nesta quinta-feira (26), o porta-voz da Casa Banca afirmou, em entrevista, que o custeio da obra ao longo da fronteira não será do contribuinte americano. O presidente Trump já decidiu que a construção do muro será custeado pelo imposto de 20% que pretende fixar sobre todas as importações vindas do país vizinho.

O único entrave até o momento é a impossibilidade de aplicação de forma imediata em respeito ao Nafta (Tratado de Livre Comércio da América do Norte). Se não fosse esse acordo, muito em breve todas as importações provenientes do México já seriam taxadas como forma de garantir a construção deste muro.

Crise com o México

Já era esperado que tal declaração do presidente americano fosse causar uma crise política com o país vizinho.

Publicidade

O México se sente ameaçado pela

recente declaração de Donald Trump e, óbvio, não deseja pagar pelo muro que nem ele mesmo ordenou construir em sua fronteira.

Como forma de protesto, o atual presidente mexicano, Pena Nieto, não irá comparecer a uma reunião agendada nos Estados Unidos no próximo dia 31. Os 50 consulados mexicanos no país foram orientados a defender o direito dos imigrantes com mais veemência que antes. Em declaração no Twitter, Pena Nieto afirmou mais de uma vez que o México não acredita em muros e não pagará pela construção.

.