Donald John #Trump, empresário multimilionário e apresentador de reality show, assume nesta sexta-feira (20) o cargo de presidente dos Estados Unidos da América. A vitória de Trump sobre Hillary Clinton contrariou as previsões e pesquisas eleitorais.

Mesmo tendo perdido em números absolutos de votos populares, ganhou nos colégios eleitorais, tornando-se o 45º presidente norte-americano, causando para muitos o sentimento de desconfiança, em virtude de seus discursos considerados por alguns como xenofóbico e um tanto quanto radical em relação a assuntos de política externa - e até mesmo interna.

Cerimonial de posse

Ainda pela manhã, o presidente eleito, acompanhados do vice-presidente eleito Mike Pence, participa de uma cerimônia religiosa em Washington.

Publicidade
Publicidade

Logo em seguida, Trump e sua esposa serão recebidos pelo presidente Barack Obama para um chá e depois irão para o Capitólio (Congresso Americano).

No início da tarde, nas escadarias do Capitólio, terá início a cerimônia de #Posse com apresentações musicais. Estarão presentes também legisladores e alguns ex-presidentes, além de Hillary Clinton, que irá acompanhar seu marido, o ex-presidente norte-americano Bill Clinton. Em continuidade ao cerimonial, líderes religiosos farão orações e ocorrerão os primeiros discursos, procedidos pelo juramento presidencial sobre duas Bíblias. Para finalizar, será realizado um almoço, o desfile de posse e à noite o casal presidencial participará de três bailes de gala.

O que esperar da era Trump?

Segundo alguns especialistas de economia e comércio exterior, há muita insegurança em relação ao que esperar do novo presidente.

Publicidade

Há forte tendência dos juros aumentarem. Um dos maiores receios da economia mundial é que Trump possa promover um protecionismo e causar tensão entre aliados comerciais internacionais.

Uma de suas promessas de campanha é aumentar o investimento em infraestrutura, ocasionando assim, de forma inevitável, aumento dos gastos públicos. Na área social, espera-se que ele não realize a tão propagada política de combate aos estrangeiros, em especial no tocante à expulsão de praticamente 11 milhões de imigrantes. Acredita-se que Trump usou este discurso para atrair a atenção de alguns americanos e assim garantir sua eleição. #EUA